[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Warning: in file [ROOT]/includes/functions.php on line 4731: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at [ROOT]/includes/functions.php:3815)
[phpBB Debug] PHP Warning: in file [ROOT]/includes/functions.php on line 4733: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at [ROOT]/includes/functions.php:3815)
[phpBB Debug] PHP Warning: in file [ROOT]/includes/functions.php on line 4734: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at [ROOT]/includes/functions.php:3815)
[phpBB Debug] PHP Warning: in file [ROOT]/includes/functions.php on line 4735: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at [ROOT]/includes/functions.php:3815)
Grimmauld Place • Exibir tópico - [CASTELO] Banheiro Masculino do 7º Andar

[CASTELO] Banheiro Masculino do 7º Andar

RPs antigas? Histórias que quer rever? Subfórum destinado ao arquivamento dos tópicos de jogo do RPG. Você veio ao lugar certo!

Moderador: RPG

Mensagempor L-sama » 27/07/07, 14:13

Ah! Não precisa se preocupar... Eu também tenho uma história bem confusa... Vê e... pessoa que se parece muito com ele, viram um livro azul? Ah, e respondendo sua pergunta, Vê (deu pra perceber quem é quem pelas roupas... Afinal, eu vi o verdadeiro Vê na sala da Diretora) até que é bom de vez em quando...


Bem já existem três pessoas que gostam de aprontar com professores.Então!A um tempo atrás eu estava pensando.Eu devia formar um grupo que aprontasse com os professores.Já tinha batisado o nome do grupo.Não sei se vocês vão gostar.Mas eu pensei em diabretes.Conhecem aqueles diabinhos pentelhos que adóram echer teu saco.O que vocês pensam dessa idéia?Eu já tinha temtado formasr antes.Mas numca tinha encontrado pessoas "locas como vocês antes.O que vocês acham da idéia?Quem tá dentro?


Vê olha atentamente para todas as pessoas ao seu redor esperando que elas concordem em fazer um grupo que seja o terror de Hogwarts...

- Bem, não vejo porque não... Afinal, com essa belezinha aqui (mostrando o vira-tempo, herança de sua família que não conhece) Eu poderia fazer qualquer coisa!! Além disso, Hogwarts já passará por tempos sacanas (conheci Pirraça) então pode até ser divertido!

Leon se lembra de olhar no vira-tempo, mas tudo o que vê são: 4242

Esse número realmente adora me perseguir...

Off... lugar nenhum! Eu esqueci como desbloquear uma porta na qual se usa Colloportus! #-o ](*,)
Legenda:
Falas
Falas de outros personagens
Pensamentos

Imagem
Avatar do usuário
L-sama
Descobrindo a Câmara Secreta
Descobrindo a Câmara Secreta
 
Mensagens: 423
Registrado em: 18/07/07, 02:04
Cash on hand: 0.00
Localização: Londres...
Sexo: Masculino
Estado: MG
Casa: Corvinal


Mensagempor Vê Evans » 27/07/07, 15:51

Bem, não vejo porque não... Afinal, com essa belezinha aqui (mostrando o vira-tempo, herança de sua família que não conhece) Eu poderia fazer qualquer coisa!! Além disso, Hogwarts já passará por tempos sacanas (conheci Pirraça) então pode até ser divertido!


Bem você com seus brinquedos eu com os meus.Lá no meu quarto,tem um mapa que mostra tudo e todos.Epa não é no quarto é aqui mesmo.Eu acabei de roubar da sala da diretora nova.


Vê olha para ver qual a reação das pessoas presentes

Off-Alorroomora
Avatar do usuário
Vê Evans
Com a Pedra Filosofal
Com a Pedra Filosofal
 
Mensagens: 185
Registrado em: 11/11/06, 19:14
Cash on hand: 0.00
Localização: Interessa em?Pq vc quer saber seu curioso?

Mensagempor DouglaS EvanS BLaCk » 27/07/07, 16:12

Douglas estava muito confuso vendo tudo isso

Afinal quem são voces ??, se apresentem

ele falou isso para todos que estavam ali dentro

Meu nome é Douglas Evans Black, e o de voces ?

perguntou ele para os garotos que estavam bem ali

Narração
Fala
Avatar do usuário
DouglaS EvanS BLaCk
Na Rua dos Alfeneiros nº 4
Na Rua dos Alfeneiros nº 4
 
Mensagens: 6
Registrado em: 21/07/07, 08:44
Cash on hand: 0.00

Mensagempor L-sama » 27/07/07, 16:29

Leon estava confuso... O q diabos significava "4242"? E, porque após 2 anos sem notícias(deveriam ser mais, só que Leon não se lembra), o pai de Leon lhe envia uma carta... Leon até pensou em uma possibilidade, mas...

-Sinto muito, gente, mas eu realmente tenho que pesquisar algo!

E Leon corre, para o único lugar em que ele pode achar o que procura: A Sala Precisa!

Off... Sala Precisa!!
Legenda:
Falas
Falas de outros personagens
Pensamentos

Imagem
Avatar do usuário
L-sama
Descobrindo a Câmara Secreta
Descobrindo a Câmara Secreta
 
Mensagens: 423
Registrado em: 18/07/07, 02:04
Cash on hand: 0.00
Localização: Londres...
Sexo: Masculino
Estado: MG
Casa: Corvinal

Mensagempor Vê Evans » 27/07/07, 16:39

Vê olha para o garoto douglas.

Bem eu sou Vê Evans.Esse ao meu lado é Gustavo.Aquele a minha frente é Ridd.E nós estamos formando um grupo de amigos que vai ser o terror de hogwarts.Ah Aquele que saiu acho que se chama Leon.E ai você topa entrar para os diabretes?
Avatar do usuário
Vê Evans
Com a Pedra Filosofal
Com a Pedra Filosofal
 
Mensagens: 185
Registrado em: 11/11/06, 19:14
Cash on hand: 0.00
Localização: Interessa em?Pq vc quer saber seu curioso?

Mensagempor L-sama » 27/07/07, 17:40

Uma coruja chega no aposento... Nela, há uma carta que não tem destinatário...
Apesar de nenhum pegá-la, a carta se abre...
"Senhores,
Logo precisarei de sua ajuda para resolver um problema...
Eu não escreverei sobre o problema nesta carta, porque ela pode ser interceptada,
O que me deixaria em grandes problemas
Não se esqueçam de me encontrar na Sala Precisa, assim que puderem...
Ass: Leon Elementar
Legenda:
Falas
Falas de outros personagens
Pensamentos

Imagem
Avatar do usuário
L-sama
Descobrindo a Câmara Secreta
Descobrindo a Câmara Secreta
 
Mensagens: 423
Registrado em: 18/07/07, 02:04
Cash on hand: 0.00
Localização: Londres...
Sexo: Masculino
Estado: MG
Casa: Corvinal

Mensagempor L-sama » 27/07/07, 17:40

Outra coruja chega... Nela há uma pequena nota:
"P.S.: Venham apenas aqueles que tiverem mais coragem e que não se preocupem em se meterem em encrencas... Se algum de vocês souber o significado de "42S42L", me diga na reunião... Ah, sim, duvido que você vá me achar no mapa agora, Vê Evans...
Ass: Leon"
Legenda:
Falas
Falas de outros personagens
Pensamentos

Imagem
Avatar do usuário
L-sama
Descobrindo a Câmara Secreta
Descobrindo a Câmara Secreta
 
Mensagens: 423
Registrado em: 18/07/07, 02:04
Cash on hand: 0.00
Localização: Londres...
Sexo: Masculino
Estado: MG
Casa: Corvinal

Mensagempor Ridd » 28/07/07, 14:28

Após toda a conversa, Ridd resolve sair e ira ate a a sala precisa para ver do que se tratava aquela carta

Vou até lá para ver o que acontece to se fazer nada mesmo

off-salão principal
Fala
Narração
Pensamento
Outros
Ridd
Recebendo a visita de Hagrid
Recebendo a visita de Hagrid
 
Mensagens: 32
Registrado em: 25/05/07, 17:12
Cash on hand: 0.00

Mensagempor Vê Evans » 30/07/07, 13:24

Vou até lá para ver o que acontece to se fazer nada mesmo

Vê ouve as palavras de Ridd. Olha para Guh e diz.


Vamos pralá onde ele tá.Convencer ele a ir pra londres.

off-salão principal.
Avatar do usuário
Vê Evans
Com a Pedra Filosofal
Com a Pedra Filosofal
 
Mensagens: 185
Registrado em: 11/11/06, 19:14
Cash on hand: 0.00
Localização: Interessa em?Pq vc quer saber seu curioso?

Mensagempor L-sama » 06/09/07, 22:25

Leon chegou e lavou as mãos... Estava tenso... Ele olhou para a Lua e caiu no chão, sem forças...

-É tudo uma ilusão... O portal... Os dragões... A guerra...

-Não... não é uma ilusão... não pode ser...

-Mas é... É uma ilusão... É um teste...

-Se você passar no teste final, nós o ajudaremos... Há um preço a ser pago...

-E qual é? Qual é o preço?

-A MORTE... Você terá de se matar...

-Não se preocupe... se isso acontecer, nós apagaremos a memória de seus amigos...

-Eu não sou idiota... Me matar... Não agora, que finalmente conheci alguém á minha altura... Eu não sou tolo assim...

-Mas é a sua única esperança! Sabemos muito bem que a última coisa que quer é viver como um mortal!

-Não diga que você não é, pois, tirando a história de guerra e tudo o mais, você é só um mortal...

-Isso, continuem, tenho ouvidos de penico mesmo...

-Aff... Ele vai mudar de idéia... Por hora, vamos...

-Sabe onde nos encontrar se mudar de idéia...

E depois disso, nada mais passou de um borrão preto... Algumas horas depois, Leon acordou assustado e saiu dali...

Off... algum lugar
Legenda:
Falas
Falas de outros personagens
Pensamentos

Imagem
Avatar do usuário
L-sama
Descobrindo a Câmara Secreta
Descobrindo a Câmara Secreta
 
Mensagens: 423
Registrado em: 18/07/07, 02:04
Cash on hand: 0.00
Localização: Londres...
Sexo: Masculino
Estado: MG
Casa: Corvinal

Mensagempor Anna Otaku <3 » 23/01/08, 14:53

*ação*
-fala-
'pensamento

*Anna andando entre os corredores... encontra um banheiro..*

*obs> ela não sabe que é masculino..por merlin..¬¬*
'EU sei sim que é masculino oras tá escrito.u.u...'

personalidade 2 de Anna
-Então oq ue vc faz aqui..¬¬

*Não econtra ni nguem...*
-Missão secreta..=X

*offf

-EU sabia que não tinh aninguem..evacuram esse banheiro há tempos.uahuahaua
é o jeito é ir na floresta proibida mesmo..¬¬
Let's go all the way tonight,
No regrets, just love
We can dance until we die,
you and I, we'll be young forever


'Gabione desde de 2009 seduzindo a todos.'
Louvando Deusa Mari Mar desde 2008
Carregando a Bruna no bolso desde 2008
Avatar do usuário
Anna Otaku <3
Descobrindo a Profecia
Descobrindo a Profecia
 
Mensagens: 2753
Registrado em: 04/12/07, 13:55
Cash on hand: 1,317.00
Localização: Envenenando com prazer
Sexo: Feminino
Estado: SP
Casa: Sonserina

Re: Banheiro Masculino do 7º Andar

Mensagempor David Bergerson » 08/04/08, 23:55

David estava inquieto naquela noite. Revirava-se na cama, para um lado e para o outro, mas dormir que é bom... O sono parecia não vir. Não conseguia parar de pensar em certas coisas; algumas imagens quebradas do que acontecera na orla da floresta surgiam em sua mente, o vulto negro, o brilho da espada, olhos vermelhos.. Já não sabia o que tinha mesmo acontecido e o que era pesadelo, pesadelo que estava tendo naquele momento. Praticamente deu um pulo na cama, e se sentou. Estava suando, e respirava de maneira pesada. Olhou ao redor, esforçando-se para enxergar no escuro. Não queria despertar os colegas.

Esfregou a mão na testa, sentindo-a quente. Imaginou que estava com febre, pois não fazia tanto calor assim para que estivesse daquele jeito. Talvez levantar e caminhar até o banheiro, que ficava no mesmo andar, passar uma água no rosto, o fizesse se sentir melhor. Tinha aprendido isso com o tio. Depois voltaria e dormiria tranquilo. Praticamente não havia risco nenhum de ser visto por algum professor àquela hora (imaginou que já deveria ser bem tarde), e tentaria ser rápido.

Levantou-se vagarosamente da cama, tentando fazer o mínimo de barulho, para que ninguém acordasse. Estava se esquecendo do monitor, não podia ser visto de maneira alguma. Mas se fosse também, diria que tinha que ir ao banheiro e pronto. Isso não era proibido, era? Se o banheiro fosse na floresta, até deveria ser, mas como era perto..

Pegou a capa que jazia ao lado da cama, vestindo-a por cima do pijama. Certificou-se que a varinha estava no bolso, calçou os chinelos e deu alguns passos na direção da porta. Não, estava faltando algo. A espada. Não sairia sem ela, nem que fosse para uma rápida ia ao banheiro. Voltou, levantou silenciosamente o colchão, e retirou a espada debaixo dele. Guardou ela debaixo da capa e caminhou silenciosamente até a porta. Antes de sair, olhou para trás. Todos dormiam tranquilamente. "Ótimo!", pensou.

Passou pelo salão comunal, torcendo para que não se deparasse com o dito fantasma. Já no corredor, que estava bastante escuro, puxou a varinha e murmurou "Lumus!". Não podia andar naquela escuridão. Se as figuras dos quadros do corredor não resolvessem encher, seria ótimo. Enquanto caminhava, sentiu uma dor estranha no joelho direito, o que o fez começar a mancar. "Só faltava isso agora", pensou, um tanto contrariado.

Finalmente chegou ao banheiro, aliviado por não ter sido visto (ou pelo menos era isso que imaginava). Foi direto para a pia, pondo a varinha sobre ela, e esfregando um pouco de água no rosto. A sensação de alívio era muito boa, de fato começava a se sentir melhor. Levantou-se um pouco e olhou-se no espelho. Parecia tão.. diferente. Era como se ele não reconhecesse a si mesmo. O joelho continuava latejando; se abaixou para ver se não tinha nada, só então lembrando da espada. A puxou para fora da capa. Por que andava tão "atraído" por ela? Empunhou a espada e se olhou novamente no espelho. Fez pose, como se fosse tirar uma foto. Até que ficava bem! Sorriu. Apontou a espada para o espelho, brincando. Sorriu, e depois fez cara de mau. Achou que era divertido.

Porém, notou algo estranho novamente na sua imagem no espelho. Seus olhos... Mantendo ainda a espada na direção do espelho, sentiu que ela se lançava para frente, de maneira cada vez mais forte. Até que não pôde mais segurá-la. A espada avançou com tudo para cima do espelho, que se despedaçou fazendo um estardalhaço que teria acordado o castelo todo se aquele fosse o castelo comum. Numa reação rápida, David se lançou para trás, enquanto os cacos de vidro ainda voavam em todas as direções. Felizmente não foi atingido, exceto por um pequeno caco que o arranhou de leve no rosto. Sentado no chão, olhou espantado para a espada, que agora jazia fincada no local onde havia sido um espelho. Não estava entendendo... Talvez, no fundo, estivesse...



Off- Fazia tempo que não postava, e por isso era óbvio que acabaria saindo um post ultra. Me deixem ser feliz com meu post tamanho giga, com licença, obrigado u.u
Avatar do usuário
David Bergerson
Na Copa Mundial de Quadribol
Na Copa Mundial de Quadribol
 
Mensagens: 1114
Registrado em: 19/07/07, 14:47
Cash on hand: 138.00
Localização: Aqui, coisando, obrigado ú_u
Sexo: Masculino
Estado: PR
Casa: Grifinória

Re: Banheiro Masculino do 7º Andar

Mensagempor Ph Granger » 10/04/08, 00:11

    Ph estava tendo uma noite conturbada, cheia de sonhos e pensamentos ruins. Olhou no relógio, quase 5 da manhã. O dia já estava começando bem, pensou e riu-se até. Levantou-se, pegou um pouco de água que estava ao lado da sua cama, mas ainda não estava bem. Decide ir ao banheiro. Saiu devagar, pé ante pé temendo que alguma colega acordasse.

    Alcançou o corredor do 7º andar, onde ficavam os banheiros femininos e masculinos, percebeu um vulto passando para o banheiro masculino, mas decidiu ignorar, no mínimo algum colega ou um fantasma nos corredores, mas quando entrava no banheiro feminino ouviu um estrondo de vidro quebrado e impulsivamente correu para ver. Chegou na porta, com um pouco de receio notou que logo depois do estrondo um silêncio inquietante inundou o lugar.

    "Vamos Sophia, agora só precisa olhar." Ph estava morrendo de medo, talvez por isso sua voz tenha saído num sussurro bem baixo, mas claro o suficiente para ser ouvido.

    - Tem alguém.. tem alguém aí? Alow?

    A garota tremia devido ao susto, podia-se dizer, mas agora o grande susto se tornara um mistura de euforia com curiosidade e medo. Sim, medo. Pensou que tudo não passasse de uma visão, mas sentia estar bem acordada.

Off: Postandooo.. nem acredito.. hauhauahu huuu.. é o bixo! hauhaua
Imagem
Avatar do usuário
Ph Granger
Conhecendo A Toca
Conhecendo A Toca
 
Mensagens: 226
Registrado em: 12/10/07, 19:24
Cash on hand: 0.00
Localização: Aqui
Sexo: Feminino
Estado: SC
Casa: Grifinória

Re: Banheiro Masculino do 7º Andar

Mensagempor David Bergerson » 10/04/08, 10:26

David ficou sentado no chão, olhando para a espada fincada na parede. Se alguém o visse naquele momento, diria que estava hipnotizado pela espada, ou então que estava em choque por alguma razão. Desde que o avô lhe entregara a espada, David nunca havia visto o objeto fazer algo "do tipo" - ela praticamente havia avançado sozinha. Não era mesmo uma espada comum... Mas por que, afinal, havia feito aquilo? David sabia que no fundo tinha a resposta. Não era bem o espelho que a espada pretendia atingir...

Ouviu passos no corredor. Algum professor? Esperava que não. Do contrário, estaria frito. Como é que iria explicar que não fora exatamente ele quem causara aquela bagunça e aquele barulho todo? Dependendo de quem fosse o professor, jamais acreditaria que a espada "voou sozinha" e quebrou o espelho. David tentou respirar o mais devagar possível, para não fazer barulho de forma alguma, e não ser notado ali. Preferiu ficar sentado no chão também, ao invés de se levantar e fazer barulho desnecessário. Se fosse um professor, que passasse pelo corredor e fosse embora. Porém, ouviu uma voz conhecida de uma garota vinda da porta do banheiro:

- Tem alguém.. tem alguém aí? Alow?

Era Ph. Sorriu ao notar o pouquinho de receio na voz da amiga; claro, não era para menos, ouvir um barulhão daquele no meio da noite... Depois de tudo que já acontecera naquele castelo, qualquer um, até o mais corajoso, ficaria no mínimo com o pé atrás. Antes de se levantar, resolveu falar com ela, dali onde estava, para não deixá-la mais assustada:

- Calma, Ph.. Sou eu.. David.

Levantou-se e foi até a porta, com a varinha iluminada na mão. Sorriu para a amiga, mas discretamente, afinal ainda estava confuso pelo que acabara de acontecer. Já sabendo que ela tinha muitas perguntas a fazer, resolveu ir falando, mas tentando deixar bem claro que, apesar de tudo, ele estava bem. De resultado daquilo só o pequeno arranhão no rosto mesmo... A não ser por dentro..

- Esse barulho que você deve ter ouvido.. Foi a espada, ela.. eu não sei como, mas ela se soltou da minha mão e acertou o espelho! Eu tinha vindo passar uma água no rosto, porque eu não tava conseguindo dormir, e daí.. Mas não se preocupe, eu tô bem, olha, foi só o susto mesmo..

Ao que acabou de falar, David virou-se para trás, observando novamente a espada ficnada na parede. Sentiu um arrepio, sem saber por que. E até um certo receio de ir tirar a espada dali...
Avatar do usuário
David Bergerson
Na Copa Mundial de Quadribol
Na Copa Mundial de Quadribol
 
Mensagens: 1114
Registrado em: 19/07/07, 14:47
Cash on hand: 138.00
Localização: Aqui, coisando, obrigado ú_u
Sexo: Masculino
Estado: PR
Casa: Grifinória

Re: Banheiro Masculino do 7º Andar

Mensagempor Ph Granger » 10/04/08, 12:11

    - Calma, Ph.. Sou eu.. David.

    Ph ainda tremia um pouco quando escutou a voz que vinha do banheiro. Na hora que reconheceu ser de David um alívio se espalhou por seu corpo relaxando todos os músculos tensos, mas no momento seguinte deu um estalo, será que estava ferido? O q acontecera?? Na mesma hora apareceu na porta esquecendo da vergonha da possibilidade de pegar o garoto em trajes não muito distintos. Quase trombou com o garoto que já estava levantado a inundando com as explicações. Tinha um corte na boxexa, mas parecia bem.

    - Esse barulho que você deve ter ouvido.. Foi a espada, ela.. eu não sei como, mas ela se soltou da minha mão e acertou o espelho! Eu tinha vindo passar uma água no rosto, porque eu não tava conseguindo dormir, e daí.. Mas não se preocupe, eu tô bem, olha, foi só o susto mesmo..

    Ph estava confusa, olhou para o espelho e todo aquele vidro no chão, a espada estava mesmo fincada na parede, como seria possível? Não duvidava de mais nada, eles andavam tendo dias estranhos mesmo.

    - Nossa, e agora? Como vamos tirá-la daí? Quer ajuda? Vc tá bem mesmo? Temos que ser rápidos, se algum professor nos pega aqui.. eu to pior do que vc, to num banheiro masculino com um garoto! - Falou as ultimas palavras corando um pouco ao olhar pra David, mesmo sem saber muito o porque.

    A garota deu de ombros rindo de si mesma fazendo sinal para o amigo acompanhá-la. - Vc vai me ajudar ou vai ficar aí parado? - Dava pra notar que David ficava confuso com a reação da garota, era bem difícil tomar uma iniciativa sozinha.

    - Vamos tirar isso daqui, temos pouco tempo. Logo alguém vem ver o que está acontecendo e aí já era pra arrumar essa bagunça.

    Ph se posicionou na frente do espelho quebrado, encarando a espada. Estava sentindo uma euforia que não conseguia explicar. Apoiou o pé na pia para então pegar a espada com tudo. Segurou o cabo prateado, cravejado de pedras e no mesmo instante sentiu um calor invadir seu corpo. Se sentia revigorada, muito acordada e capaz de fazer o que quisesse, não conseguia imaginar o poder da espada antes, mas agora estava sentindo que não poderia mais soltar. Neste mesmo momento viu flashs em sua mente tão rápidos que não conseguiu assimilar nada na hora e foi jogada contra a parede por uma força que não sabia de onde vinha.

    A garota estava agora no chão, olhando sorrindo da espada para David. Quem a visse imaginaria que teria perdido a sanidade, mas apenas estava tentando voltar a si.

Off: Empolguei-me?? Ph tá ficando maluquinha.. huhuhu
Imagem
Avatar do usuário
Ph Granger
Conhecendo A Toca
Conhecendo A Toca
 
Mensagens: 226
Registrado em: 12/10/07, 19:24
Cash on hand: 0.00
Localização: Aqui
Sexo: Feminino
Estado: SC
Casa: Grifinória

Re: Banheiro Masculino do 7º Andar

Mensagempor David Bergerson » 11/04/08, 11:34

Como já estava prevendo, as inúmeras explicações não foram suficientes para "sossegar" Ph. Quando ele terminou de falar, ela deu uma olhada no espelho (ou no que sobrara dele) e na espada fincada lá, e logo disparou:

- Nossa, e agora? Como vamos tirá-la daí? Quer ajuda? Vc tá bem mesmo? Temos que ser rápidos, se algum professor nos pega aqui.. eu to pior do que vc, to num banheiro masculino com um garoto!

David notou que a amiga havia corado quando terminou de dizer aquilo, e isso fez com que ele corasse também, e olhasse para o chão, tentando disfarçar. Na verdade ficou envergonhado apenas por causa da reação da própria garota; até então ele nem havia se tocado desse detalhe - de que estavam no banheiro. Abriu a boca para dizer algo, mas o máximo que conseguiu foi balbuciar algumas coisas sem sentido. Viu que a amiga deu um risinho, e olhou para ela. Ph fez sinal para que ele a seguisse, mas ainda "envergonhado", e mesmo um pouco confuso, ele ficou onde estava. Não sabia como ela conseguia sair de certas situações um tanto.. constrangedoras assim tão rápido.

- Vc vai me ajudar ou vai ficar aí parado? - disse Ph, já se dirigindo à espada - Vamos tirar isso daqui, temos pouco tempo. Logo alguém vem ver o que está acontecendo e aí já era pra arrumar essa bagunça.

David piscou algumas vezes, ainda confuso, e caminhou até Ph, que já estava na frente da espada. A garota se apoiou na pia, para tentar puxar a espada com mais força, e apesar de achar aquilo um tanto perigoso, David não conseguiu dizer nada, devido ao constrangimento que ainda sentia. Pensou em fazer o mesmo, e foi até o outro lado da pia. Porém, ficou apenas observando quando a amiga tocou na espada. Arregalou os olhos ao notar a expressão estranha no rosto de Ph. A menina não soltava a espada, mas também não a puxava. O que estaria havendo? Já estava pronto para fazer alguma coisa quando, de repente, Ph foi jogada para trás, batendo com as costas na parede do outro lado do banheiro. David praticamente gritou "Ph!", esquecendo-se de que já tinha feito barulho demais naquela madrugada. Correu até ela. A garota sorria, olhava para ele, para a espada (que havia caído no chão a alguns centímetros da pia) e sorria. David estava mais confuso, mas teve certeza de que a amiga não estava bem. Abaixou-se perto dela e disse, claramente preocupado:

- Ph, Ph, olha pra mim, você tá bem? Você se machucou? O que, o que..?

David percebeu o olhar estranho da amiga em direção à espada. O que tinha aquela espada, afinal? Será que não era sua "protetora", como sempre havia pensado? O avô teria mentido para ele? Não podia acreditar nisso. Não queria acreditar nisso, de jeito nenhum... Levantou-se e foi até a espada, pensando em guardá-la de volta debaixo da capa. Não sabia bem por que fazia aquilo, mas queria acreditar que era para que Ph saísse daquele "estado"... Tomou a espada do chão, observando-a bem. Parecia normal. "Estranho..", pensou. A colocou rápido sob a capa, e voltou até Ph. Ela ainda sorria. David voltou a lhe falar, sem saber o que fazer:

- Ph, fala comigo! O que tá havendo? Você precisa de alguma coisa, quer que eu pegue água, quer que eu te ajude a se levantar?



Off- ahuaahauahauahu.. Ph doidinha u.u
*foge
*weeeeee
Avatar do usuário
David Bergerson
Na Copa Mundial de Quadribol
Na Copa Mundial de Quadribol
 
Mensagens: 1114
Registrado em: 19/07/07, 14:47
Cash on hand: 138.00
Localização: Aqui, coisando, obrigado ú_u
Sexo: Masculino
Estado: PR
Casa: Grifinória

Re: Banheiro Masculino do 7º Andar

Mensagempor Ph Granger » 11/04/08, 18:58

    Ph ainda sorria, estava atônita com as coisas q sentira, poderia ela ter mesmo sentido todas aquelas coisas? Ainda não lembrava claramente o que vira, mas sentia que era algo importante.

    Olhou para a frente e viu David alí,falando com ela, mas nada ouvia, via sua boca se mexendo, mas não escutava o que era, parecia que todo o som tinha sido substituído por um longo e intenso silêncio harmonioso que a deixava bem confortável. Sua cabeça estava a mil, parecia processar mil informações mas nada vinha claramente. Via pessoas mais velhas, segurando uma espada, um homem de barba. Fechava os olhos para dispersar o pensamento mas não saia daquele silêncio incomum.

    De repente olhou para David e viu o garoto de uma forma diferente, o viu com uma expressão cansada e poderia se dizer que havia um quê de maldade alí. Fechou os olhos mais uma vez, não podia estar vendo aquilo, era David que estava em sua frente, seu amigo, o seu David..

    - Ph, fala comigo! O que tá havendo? Você precisa de alguma coisa, quer que eu pegue água, quer que eu te ajude a se levantar?

    A garota já não mais sorria, agora conseguia escutar o amigo aflito e até achou engraçado a maneira que perguntava as coisas, até parecia a menina quando muitas vezes a situação era totalmente inversa.

    - Calma.. eu tô bem, eu acho.. as costas doem um pouco, mas vou ficar bem. Vamos ficar um pouco sentados sim? Tô tentado arrumar minha cabeça.. nossa, parece que um furacão passou por ela e embaralhou tudo. Vc tá bem? Pegou a espada?

    Na ultima pergunta o coraçao da garota acelerou, talvez tenha passado por sua mente pegá-la mais uma vez, mas não arriscaria, esse jogo estava-lhe parecendo perigoso demais. Mas talvez se David olhasse bem veria que algo mudara dentro de Ph, ela sentia isso, estava mais decidida, mais segura, talvez menos infantil.

Off: huuu.. Ph cresceu e ficou mocinha.. huahauhauahua
*corre atrás.. te pego moleque!! (chicote)
Imagem
Avatar do usuário
Ph Granger
Conhecendo A Toca
Conhecendo A Toca
 
Mensagens: 226
Registrado em: 12/10/07, 19:24
Cash on hand: 0.00
Localização: Aqui
Sexo: Feminino
Estado: SC
Casa: Grifinória

Re: Banheiro Masculino do 7º Andar

Mensagempor David Bergerson » 12/04/08, 00:49

Esperando pela resposta de Ph, David percebeu que a amiga manteve o sorriso estranho no rosto por mais um bom tempo. De repente, ela olhou para ele (assim que ele terminou sua última frase), piscou demoradamente os olhos e, ainda com eles fitos nele, deu um sorrisinho. Dessa vez, normal. David sentiu um alívio, antes mesmo que ela dissesse algo, o que não demorou a acontecer:

- Calma.. eu tô bem, eu acho.. as costas doem um pouco, mas vou ficar bem. Vamos ficar um pouco sentados sim? Tô tentado arrumar minha cabeça.. nossa, parece que um furacão passou por ela e embaralhou tudo. Vc tá bem? Pegou a espada?

David apenas concordou com a cabeça quando Ph sugeriu que ficassem sentados, para que ela "arrumasse" a cabeça. Se tinha que "arrumar", era porque realmente algo havia acontecido. David estava curioso para saber, mas se conteve. O importante naquele momento era se certificar que Ph estava mesmo bem, e que ela conseguisse reorganizar seus pensamentos. Quando, porém, ela perguntou sobre a espada, David notou a expressão no rosto da amiga mudara sutilmente, apenas durante uma fração de segundos. O que havia com aquela espada, afinal? David já começava a se preocupar.. Mas não queria pensar nisso. Não naquele momento. Não pôde deixar de perceber também que a amiga ainda parecia um pouco diferente, mas não daquela forma estranha de há pouco.. Parecia mais.. não sabia explicar. Só esperava que ela estivesse bem, e não tivesse um surto do que quer que fosse. Sorriu para ela, sentado no chão ao seu lado, e respondeu:

- Não se preocupe comigo, eu tô bem. E já peguei a espada também.. Tenta descançar um pouco a sua cabeça! Acho que alguns minutinhos já vão fazer você voltar ao normal.

Depois, ficou quieto, sem saber o que fazer ou dizer, apenas esperando pela reação da menina. Contudo, estava pronto caso ela precisasse de algo. Não queria que ela se machucasse por causa dele, muito menos por causa da espada. E pela primeira vez desde que recebera o objeto de prata, pensava em se livrar dele...



Off- weeee
*corre mais rápido
*chicotado
~hoho
Avatar do usuário
David Bergerson
Na Copa Mundial de Quadribol
Na Copa Mundial de Quadribol
 
Mensagens: 1114
Registrado em: 19/07/07, 14:47
Cash on hand: 138.00
Localização: Aqui, coisando, obrigado ú_u
Sexo: Masculino
Estado: PR
Casa: Grifinória

Re: Banheiro Masculino do 7º Andar

Mensagempor Ph Granger » 12/04/08, 21:29

    Ph estava se sentindo atordoada, ainda pensava nas coisas que tinha visto nas ultimas horas. O chão estava frio, o que causou um pouco de calafrio na menina, puxou o suéter que vestia o fechando mais, mas não adiantou muito. Queria fazer aquela sensação de muita responsabilidade passar, sabia que tinha que alertar o amigo sobre as coisas que vira, mas não sabia como falar, virou para o menino que estava ao seu lado olhando para frente.

    Quem o olhava com certeza sentiria carinho, empatia por ele. Tinha um ar de inocência e bondade, o que cativava as pessoas e isso lhe dava um quê de pessoal confiável. Ph lembrou do dia em que se conheceram e de como de cara ficaram amigos. Lembrou tbm de tudo o q viu quando o tocou pelo primeira vez, a esfera negra, o lagoo, a espada.. Sim, a espada. Seu pensamento foi desviado ao olhar para a lateral de David e viu o cabo prateado brilhando para ela. A garota ainda não sabia do que a espada era capaz, mas sabia que era um objeto do bem, o que a confundiu ais uma vez, porque ela iria querer atacar o menino que sempre pareceu tão inocente?

    Sophia não percebia, mas seus pensamentos estavam mais maduros, a espada a tinha transformado talvez num canal, para chegar ao garoto e quem sabe assim o influenciar contra seu terrível destino. No fundo ela sabia, mas ainda não tão claramente quanto necessário, talvez realmente não fosse necessário saber agora.

    A garota respirou fundo, levou sua mão ao queixo de David e virou seu rosto. Ela queria ver seus olhos, ver se o que vira momentos atras era fruto de sua mente ou realmente existia. Mas como imaginava via alí somente o seu David, o amigo e companheiro que estava sempre alí para ela e ela para ele. Sentia que precisava alertar o amigo, mas como fazer isso? Soltou o queixo do menino quando notou que o garoto já estava olhando estranho pra ela, corou, olhou um pouco para o chão e voltou-se novamente pra ele.

    - David, preciso lhe dizer algo. Eu.. é.. eu tenho visto algumas coisas confusas mas que estão me deixando muito ruim, muito sobrecarregada e preciso que vc me ajude. - A garota deu uma breve pausa - Mas preciso que você me escute primeiro, ok? Não me interrompa.

    A garota respirou mais uma vez e continuou depois do concentimento do menino que parecia um tanto quanto intrigado.

    - Lembra que desmaiei lá no lago? Eu tive uma visão, vc deve saber, né? Vi algumas coisas estranhas, mas o principal é que vi algo ruim te acontecendo, não sei o que era, mas deixei pra lá, achava que estava sob o efeito da emoção de ter pulado no lago e coisas assim, deixei simplesmente de lado. -Sophia engolia a seco, parou um pouco e logo continuou. - Mas tem mais.

    Podia ver nos olhos do menino que ela o estava assustando, mas precisava falar logo, não sabia por que, mas sentia que deveria fazê-lo.

    - Agora, quando toquei a espada senti coisas loucas, senti-me forte, invensível quase, mas depois vi pessoas mais velhas e um homem de barba segurando-a. - A garota olhou para a espada indicando-a com a cabeça - E em todos os momentos a espada só me transmitiu coisas boas, que defenderia a verdade e a retidão a qualquer custo. Depois que acordei, não conseguia ouvi-lo, mas houve um momento em que olhei pra vc e vi algo ruim novamente, mas não que fosse te acontecer, mas como se tomasse conta de vc, como uma capa de maldade o envolvesse. Uma maldição, não sei..

    David estava claramente assustado, mas Ph estava bem mais, não sabia de onde tirara forças para dizer tudo aquilo para o amigo, mas depois que abriu a boca sentia que não podia mais parar.

    - Sei que não faz sentido nenhum o q estou dizendo, parece loucura e acredite, estou bem mais assustada do que você, mas vc precisa lembrar que o que somos depende somente de nossas escolhas e todos temos escolha, mas isso depende somente de nós.

    A garota sentia as lágrimas caírem de seus olhos, não conseguia se conter. Um calor consumia seu peito e as palavras saíam como se não fosse ela mesma que as dissesse. Se calou olhando para o chão, deixando as lágrimas correrem, agora não conseguiria contê-las, o melhor que tinha a fazer era deixar que rolassem.

OFF: Tô com medo da Ph.. huuuu
Imagem
Avatar do usuário
Ph Granger
Conhecendo A Toca
Conhecendo A Toca
 
Mensagens: 226
Registrado em: 12/10/07, 19:24
Cash on hand: 0.00
Localização: Aqui
Sexo: Feminino
Estado: SC
Casa: Grifinória

Re: Banheiro Masculino do 7º Andar

Mensagempor David Bergerson » 12/04/08, 22:43

Notou que Ph puxava o suéter que vestia e se encolhia. Não era para menos, pois o piso do banheiro estava bastante gelado. Pensou em sugerir que levantassem dali, mas pela expressão da amiga achou melhor esperar até que ela dissesse que estava realmente bem. A sensação do frio também aumentava a dor estranha que sentia no joelho direito; por certo havia batido em algum lugar sem perceber. Decidiu não dar importância àquilo e manter-se atento a Ph. Logo ela virou-se para ele, e manteve-se por um bom tempo lhe olhando, em silêncio. Confuso e um pouco constrangido, David também apenas olhava para a amiga, calado. Esperava que ela dissesse algo.

Porém, Ph não disse nada. Não antes de erguer a mão e levá-la ao queixo de David. O garoto piscou duas ou três vezes, surpreso, mas não afastou o rosto e nem a mão da amiga. Ph agora o olhava nos olhos. Ele respondeu o olhar da mesma forma, olhando-a nos olhos. Mas não por muito tempo. Numa reação que ele mesmo acharia estranha, desviou seus olhos dos da amiga. Como se algo ali o incomodasse. A fitava apenas de canto de olho enquanto ela mantinha a mão em seu queixo. Por fim, ela a retirou, e David percebeu que a garota havia corado levemente. Ele também corou.Ph olhou para ele novamente e finalmente se pronunciou:

- David, preciso lhe dizer algo. Eu.. é.. eu tenho visto algumas coisas confusas mas que estão me deixando muito ruim, muito sobrecarregada e preciso que vc me ajude. Mas preciso que você me escute primeiro, ok? Não me interrompa.

Apenas consentiu com a cabeça, sem dizer uma palavra. O que Ph tinha para lhe dizer parecia ser sério, podia sentir isso no tom de voz dela e até mesmo na expressão de seu rosto. Mas... por que estranhamente parecia saber que Ph tinha algo para lhe dizer? Sentira isso, desde aquela primeira vez em que ela o tocou e disse ter visto coisas.. Mas principalmente desde que foi tocado por ela quando saíram do lago.. Desta vez, ela não havia falado.. Até agora.

Ouviu atentamente tudo o que a amiga disse. Desde a visão que ela tivera no lago (como ele havia pensado)... O que seria esse algo tão ruim que iria lhe acontecer? David não entendia, mas já começava a se assustar. Depois, Ph contou, finalmente, sobre o que acontecera quando ela tocou na espada. Disse que vira outras pessoas segurando a espada, que o objeto transmitira coisas boas - "será?", David pensou, mas logo se repreendeu por aquele pensamento. A amiga disse ainda que depois, quando já estava no chão e olhara para ela, que vira algo ruim novamente, algo talvez como uma maldição! David arregalou os olhos. Estava agora ainda mais assustado. Mal pôde perceber que a própria Ph estava ao contar aquelas coisas todas. Por fim, ela concluiu:

- Sei que não faz sentido nenhum o q estou dizendo, parece loucura e acredite, estou bem mais assustada do que você, mas vc precisa lembrar que o que somos depende somente de nossas escolhas e todos temos escolha, mas isso depende somente de nós.

David olhou para Ph um tanto intrigado. O que ela queria dizer com aquilo? Que escolhas seriam essas? Além de assustado, estava mais confuso. Balançou a cabeça, praticamente sem conseguir esboçar qualquer outra reação. Não sabia o que dizer. Mas mesmo que soubesse, não poderia. Logo Ph começou a chorar, olhando para o chão. David entendeu; não deveria ser fácil para ela ver todas aquelas coisas. Podia imaginar... Suspirou e, num movimento espontâneo, aproximou-se mais da amiga e a abraçou, envolvendo-a com a capa para que se aquecesse e dando-lhe um beijinho na cabeça. Onde aprendera aquilo? Com os pais, talvez.. Talvez. Não diria nada. Apenas queria que ela se acalmasse e ficasse bem. Por isso disse apenas:

- Calma, fica calma.. Vai ficar tudo bem. Não vai acontecer nada de ruim.. Eu vou me cuidar, eu prometo! E você também... Esqueça isso.. esqueça..



Off- Eu também.. :shock:
*foge
Avatar do usuário
David Bergerson
Na Copa Mundial de Quadribol
Na Copa Mundial de Quadribol
 
Mensagens: 1114
Registrado em: 19/07/07, 14:47
Cash on hand: 138.00
Localização: Aqui, coisando, obrigado ú_u
Sexo: Masculino
Estado: PR
Casa: Grifinória

AnteriorPróximo

Voltar para Arquivo de RPs

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante

cron