[CASTELO] Jardins de Hogwarts

RPs antigas? Histórias que quer rever? Subfórum destinado ao arquivamento dos tópicos de jogo do RPG. Você veio ao lugar certo!

Moderator: RPG

Locked
User avatar
Erick Slytherin
Destruindo o diário de Riddle
Destruindo o diário de Riddle
Posts: 451
Joined: 10/02/07, 14:15
Sexo: Masculino
Estado: Reino Unido
Location: qualquer lugar com o mp3

Re: Jardins de Hogwarts

Post by Erick Slytherin »

Erick apertou Raisa com força quado esta lhe abraçou. Sentira tanta falta dela! Mas ainda estava aflito. Só então viu Biel ali sentado, com o rosto manchado pelas lágrimas. Deixou ela se afastar e fitou seus olhos cinzas

[Raisa]- Erick..sua irma me falou que estava na Italia. A Ary morreu...

Erick olhou para Raisa e piscou algumas vezes, sem acreditar. A Ary tinha morrido? Mas... Como!? Não podia ser! A Ary sempre tinha sido tão forte, tão... Uma lagrima, escondida pela chuva que molhava seu rosto, escorreu, solitária. O sentimento de culpa o invadiu. Se ele não tivesse ido, talvez... Mas não era sua culpa, ele não tinha escolhido partir!

[Biel] É verdade, Erick - Biel encarou o garoto, e depois baixou a cabeça. - Eu ouvi a Prof. Beatrice contanto pro Gui... - respirou fundo e secou uma lagrima, que ainda teimava em escapar - Parece que a Beatrice encontrou a Ary... Ela já... Já estava morta. Não sei como aconteceu. Não sei nem se ela sabe...

Então era verdade. Mais uma lágriam escorreu pelo seu rosto. Olhou para Raisa, não podia sucumbir, tinha que ajudá-la. Se Ary fora importante para ele, para Raisa também tinha sido! Passou devagar os braços em trno de Raisa e a araçou com toda a ternura que tinha. Encostou de leve a cabeça na cabeça dela.

- Tudo vai ficar bem... - sua voz não passava de um murmuro

Viu o Biel falando com uma menina e depois se aproximando deles. Se separou de Raisa um único instante para que o garoto pudesse falar com ela. Depois, com uma mão no ombro de Erick, Biel falou com este.

[Biel]- Cuida bem dela cara, ela precisa de ti.

O sonserino fez que sim com a cabeça e se virou para Raisa, a abraçando novamente, mas deixando espaço para que ele pudesse olhar para ela.

- Vamos entrar? Ficar na chuva não vai melhorar nada e você pode acabar ficando doente...Está com frio?

Sem esperar a resposta da garota, ele tirou rapidamente a sua capa e a pôs sobre os ombros dela
Image
Take your old record out of the closet!
-
You won't admit you love me
And so
How am I ever
To know
You only tell me
Perhaps, perhaps, perhaps

-
Em busca de mais um oscarito. Até que meu nome seja gravado no hall da fama!
Kimdin
Descobrindo a Profecia
Descobrindo a Profecia
Posts: 2030
Joined: 22/06/07, 11:21
Sexo: Masculino
Estado: SP
Casa: Lufa-lufa
Facebook: http://www.orkut.com.br/Main#Profile.as ... 8668559763
Last.fm: http://www.lastfm.com.br/user/kim_sama
Blog: @Kim_sandwich
Location: No mundo Surreal da BabyDoll *-*

Re: Jardins de Hogwarts

Post by Kimdin »

# Kirchner estava vendo que logo começou a chover, Anah estava se divertindo na chuva, kim percebeu que ela naum fazia isso a muito tempo pois ela estava muito satisfeita, contanto ela para e lhe retruca#

Anah wrote: Relaxa Kim, o negócio que eu te disse na Ala era apenas uma brincadeirinha...!


#Kim naum liga para o que Anah disse pois nakele momento gostaria de apenas olhar para ela, se divertindo, foi quando kim viu Anah ir até um grupinho de pessoas, quando Anah disse#

Anah wrote: Olá, meu nome é Anah Esteves. Calma



#Kim foi logo atras de Anah, pois naum sabia o que ia acontecer, mais por precaução foi junto com ela#

¨¨esta acontecendo algo ai Anah ?¨¨

# Disse Kim se aproxiamando, quando anah falou para eles#

Anah wrote:-, não vou fazer perguntas...Mas vamos para o Salão, tomar uma sopa, vocês vão ficar doentes...Bem, o que quer que tenha acontecido, sinto muito



¨¨ok. te ajudo Anah !¨¨

#Disse kim, mas quando chegou perto, viu que era Biel um amigo da mesma casa que a sua, ki m ficou estasiado com akilo , pois naum fazia a menor idéia do que estava acontecendo , principalmente com biel, kim viu um corpo de alguma menina no chão... mais kim naum sabia quem era.. só conhecia de vista#


¨¨Hum.. sinto muito¨¨

#Disse kim aproximando-se de todos, quando biel fala#

bIEL wrote:Acho que é melhor entrarmos mesmo. Obrigado. - se virou para os amigos novamente. - Acho que vocês precisam conversar... Qualquer coisa, eu vou estar no salão principal.



# Kim segue biel pelo olhar, logo vira para Anah#


¨¨.. hum... vai entrar entaum ?¨¨

#Disse kim colocando sua capa sobre os ombros de Anah#


Mas não faz sentindo falar com pessoas que têm um lar, elas não têm ideia de como é procurar segurança em outras pessoas, procurar um lar onde você possa descansar a cabeça.

Image

Toda noite eu costumava rezar para achar pessoas como eu - e finalmente achei - na estrada. Não tínhamos nada a perder, nada a ganhar, nada que desejássemos mais - exceto transformar nossas vidas em uma obra de arte.Viva rápido. Morra jovem. Seja selvagem. E se divirta.
User avatar
Myhh.
Com a Pedra Filosofal
Com a Pedra Filosofal
Posts: 109
Joined: 29/06/07, 12:13
Sexo: Feminino
Estado: RO
Casa: Corvinal
Location: Na Sala Precisa beijando o Rony.

Re: Jardins de Hogwarts

Post by Myhh. »

Emily chega aos jardins, comendo seu bolinho, vê Kirchner e acena

Oi Kirchner! tudo bem?
Image

Image Image

What makes you think you can do this??
User avatar
Rah ~
Na Copa Mundial de Quadribol
Na Copa Mundial de Quadribol
Posts: 1062
Joined: 24/10/04, 21:24
Sexo: Feminino
Estado: RJ
Casa: Grifinória

Re: Jardins de Hogwarts

Post by Rah ~ »

Como previsto Erick tambem ficara igualmente triste.Quando Biel falou o autor da noticia, a garota levantou as sobrancelham, mas não falou nada.Viu então Biel partir junto com mais dois alunos para o salão principal.A chuva agora aumentava, e o frio era pertubador.Ela olhou para Erick que parecia não acreditar ainda, e logo depois olhou para o chão.

Erick
[- Vamos entrar? Ficar na chuva não vai melhorar nada e você pode acabar ficando doente...Está com frio?]


Antes mesmo de falar Erick já pegara a capa e colocara sobre a garota.Ela levantou ainda um pouco tremula, pela noticia e pelo frio que fazia, e olhou para a direção que Gui tomara ao seguir David e Daniel.Pensou que só poderiam estar aprontando, mas resolveu não ir atras, não estava com disposição para nada.

-É...vamos lá pra dentro tambem...aqui...está frio...-Disse com a voz tremendo um pouco.Seus olhos estavam vermelhos, e sua cabeça doia.-Será que podemos passar na Ala Hospitalar?Não estou me sentindo bem...

Last edited by Rah ~ on 14/07/08, 15:41, edited 1 time in total.
User avatar
Myhh.
Com a Pedra Filosofal
Com a Pedra Filosofal
Posts: 109
Joined: 29/06/07, 12:13
Sexo: Feminino
Estado: RO
Casa: Corvinal
Location: Na Sala Precisa beijando o Rony.

Re: Jardins de Hogwarts

Post by Myhh. »

Mais Kirchner não responde a Emily, ela vê Raisa, mas a mesma também já estava indo embora

-Oi? alguém quer falar comigo?

Será que niguém gosta de mim?...
Image

Image Image

What makes you think you can do this??
User avatar
Erick Slytherin
Destruindo o diário de Riddle
Destruindo o diário de Riddle
Posts: 451
Joined: 10/02/07, 14:15
Sexo: Masculino
Estado: Reino Unido
Location: qualquer lugar com o mp3

Re: Jardins de Hogwarts

Post by Erick Slytherin »

[Raisa]-É...vamos lá pra dentro tambem...aqui...está frio... -Disse com a voz tremendo um pouco.Seus olhos estavam vermelhos, e sua cabeça doia.- Será que podemos passar na Ala Hospitalar?Não estou me sentindo bem...

A preocupação do garoto ficou evidente. Ele olhou para a gartota, ela parecia pronta a desfalecer a qualquer instante. Num movimento delicado, a pegou do chão, tentando a proteger da chuva com seu corpo o máximo possivel. Tentou afastar o cabelo dos olhos com um movimento de cabeça, mas estes estavam pesados demais por causa da chuva. Começou a andar mais rápido. Esperava que houvesse alguém na ala hospitalar que tratasse logoda Raisa

[Pensamento]Ela vai ficar bem, não vai acontecer nada demais

off: ala hosítalar
off²: Não é flodando e querendo interromper desse jeito uma história já toda montadinha que você vai conseguir que alguém goste de você, fica a dica
Image
Take your old record out of the closet!
-
You won't admit you love me
And so
How am I ever
To know
You only tell me
Perhaps, perhaps, perhaps

-
Em busca de mais um oscarito. Até que meu nome seja gravado no hall da fama!
User avatar
Anah Esteves
Com a Pedra Filosofal
Com a Pedra Filosofal
Posts: 135
Joined: 12/10/07, 13:15
Casa: Grifinória
Location: Pato Branco daí ;D

Re: Jardins de Hogwarts

Post by Anah Esteves »

Enquanto Anah esperava alguma resposta do garoto, ou da garota, um outro menino chegou, e a garota o abraçou, dizendo que uma pessoa estava morta. Anah levou uma mão à boca, em sinal de espanto, e resolveu disfarçar. Logo, o garoto com quem Anah falara estava se dirgindo ao outro, que Anah descobriu se chamar Érick:

- É verdade, Erick - ele encarou o garoto, e depois baixou a cabeça.- Eu ouvi a Prof. Beatrice contanto pro Gui... - respirou fundo e secou uma lágrima, que ainda teimava em escapar - Parece que a Beatrice encontrou a Ary... Ela já... Já estava morta. Não sei como aconteceu. Não sei nem se ela sabe...

Anah ficou ainda mais chocada, e, se comovendo com o acontecimento, lágrimas surgiram em seus olhos, mesmo que nao conhecesse a garota de quem eles falavam. Então, o garoto que falara com Érick, virou-se meio que sem graça para Anah e disse:

- Olá.. - disse ele secando uma última lágrima e se virando para Anah - Meu nome é Gabriel Wildstorm, ou Biel se preferir. Bem eu... - olhou de relance para Erick e a garota, e voltou a olhar para Anah - Acho que é melhor entrarmos mesmo. Obrigado. - se virou para os amigos novamente. -Acho que vocês precisam conversar... Qualquer coisa, eu vou estar no salão principal.

- Olá, prazer, Biel! - disse Anah, dando um sorriso amigável. O garoto deu um beijo na bochecha da menina que estava sentada ao seu lado e um abraço em Érick.

Kirchner falava alguma coisa, que Anah não podia entender por causa do barulho da chuva, só sentiu o amigo pondo a capa nos ombros dela. Olhou para trás, paro o rosto de Kirchner, pois já seguia com Biel para o Castelo. Aquele olhar foi um misto de agradecimento, pedido de compreensão e despedida.

Off ~ Salão Principal ;D
Narração
Fala
Pensamento
Outros personagens


Image
Liberte o lado CLOWN que existe em você! (:

Image

AG ~ Venha para O movimento e para A casa ;D ()
Kimdin
Descobrindo a Profecia
Descobrindo a Profecia
Posts: 2030
Joined: 22/06/07, 11:21
Sexo: Masculino
Estado: SP
Casa: Lufa-lufa
Facebook: http://www.orkut.com.br/Main#Profile.as ... 8668559763
Last.fm: http://www.lastfm.com.br/user/kim_sama
Blog: @Kim_sandwich
Location: No mundo Surreal da BabyDoll *-*

Re: Jardins de Hogwarts

Post by Kimdin »

#Kirchner foi com anah até o salaão principal, após dar uns 3 passos olhou para tras e viu que uma colega sua emily estava ali#

¨¨hum.. ou entre com nosco !¨¨

#Disse kirchner#

[off].: Salão Principal


Mas não faz sentindo falar com pessoas que têm um lar, elas não têm ideia de como é procurar segurança em outras pessoas, procurar um lar onde você possa descansar a cabeça.

Image

Toda noite eu costumava rezar para achar pessoas como eu - e finalmente achei - na estrada. Não tínhamos nada a perder, nada a ganhar, nada que desejássemos mais - exceto transformar nossas vidas em uma obra de arte.Viva rápido. Morra jovem. Seja selvagem. E se divirta.
User avatar
Myhh.
Com a Pedra Filosofal
Com a Pedra Filosofal
Posts: 109
Joined: 29/06/07, 12:13
Sexo: Feminino
Estado: RO
Casa: Corvinal
Location: Na Sala Precisa beijando o Rony.

Re: Jardins de Hogwarts

Post by Myhh. »

Emily escuta Kirchner a chamando e vai correndo atrás dele feliz =D!



off²: Não é flodando e querendo interromper desse jeito uma história já toda montadinha que você vai conseguir que alguém goste de você, fica a dica

off : Mais como vc quer que eu me enturme, se não fizer isto??
Image

Image Image

What makes you think you can do this??
User avatar
Prii
Conhecendo os Marotos
Conhecendo os Marotos
Posts: 676
Joined: 23/01/07, 17:00
Sexo: Feminino
Estado: CE
Casa: Corvinal
Location: Galvão to na Grobo!!!

Re: Jardins de Hogwarts

Post by Prii »

Narração
-Fala
Fala de outros personagens

    Prii veio andando pensativa do castelo, só então notou que já estava nos jardins. Quando se deu conta, também, que estava chovendo, correu para baixo de uma árvore e ficou lá, pensativa.
    A garota olhou para a chuva batendo nas águas do lado e deixou seu pensamento vagar. Pensou no que havia acontecido no corredor naquela vez, David estava completamente bravo, quando de esbarraram o garoto quase corta a sua cabeça, e ele estava com um olhar tão bravo, que não parecia o David que ela conhecia. Havia alguma coisa com o garoto, ela tinha certeza disso, mas não fazia idéia do que séria. Pensou que talvez fosse aquele homem de antes, mas não, ela achava q aquilo já estava resolvido, e David não ficava tão bravo antes.
    Se sentou debaixo da árvore e ficou pensando.



Image

User avatar
Raven
Na Copa Mundial de Quadribol
Na Copa Mundial de Quadribol
Posts: 1032
Joined: 03/07/06, 20:51
Sexo: Feminino
Estado: MG
Casa: Corvinal
Location: Plutão

Re: Jardins de Hogwarts

Post by Raven »

    Narração; Fala; Pensamento; Off;

_†_
Trying to keep an eye on you-
_†_


    No instante em que deixou o Salão principalmente, Raven se apressou em direção à sala da Professora de Herbologia, conseguindo por sorte apanhar Laine bastante desocupada por lá. Tudo bem,. Não exatamente sorte... Aquilo se devia mais ao fato da herbologista ser, bem, uma desocupada – a sorte estava no fato de não ser Manuela por lá. Obviamente tivera algum trabalho para tirar a mulher de sua sala, já que provavelmente a primeira coisa que Laine pensara era que seria algum tipo de armadilha...

    ... E não era como se Raven pudesse culpá-la por pensar assim. Da última vez em que haviam se encontrado, pelo menos da última em que ela era realmente Laine, a vice-diretora tentara aproveitar-se da bondade da outra. Aproveitara-se de suas forças, de sua compaixão... E por muito pouco não aproveitara-se também de sua vida. Seu último encontro, com Manuela, não contava... Mas algo lhe dizia que o que fizera com que Laine confiasse na própria segurança o bastante para deixar sua sala na companhia de Raven partira dali. A bruxa prometera que libertaria Laine daquele fardo, e embora pudesse ter milhões de defeitos...

    Gostava de cumprir suas promessas.

    E era exatamente isso que fazia naquele instante... Embora a promessa não tivesse sido de todo séria, era o bastante para ela. Dissera que protegeria David Feather do que quer que fosse: E ele mesmo estava incluído nessa lista. Raven logo confirmara com Laine que o que o garoto lhe dissera no Salão era uma mentira, e embora de certa forma doesse saber que ele mentira aquela não era a prioridade.

    Tinham que encontrar o garoto, e fariam isso juntas.

    As duas bruxas percorriam os corredores da escola apressadamente, descendo em direção às portas duplas da entrada em silêncio. Raven queria poder ter a chance de explicar à outra o envolvimento de David na confusão que resultara em um dedo perdido... Mas não teria coragem de quebrar a comodidade de estarem ambas caladas.

    Sequer se importou com a chuva quando saltaram os últimos degraus das escadas que separavam o Saguão de Entrada dos Jardins, apertando os olhos contra os pingos para logo encontrar uma figurinha solitária sob uma árvore. Esperava encontrar o garoto junto a Daniel, mas... Correu em direção à pessoa, se aproximando por suas costas.

    Cabelos compridos. Vestes das Lufa-Lufa. Merda.

    Sendo ainda muito cedo para poder xingar alunos por estarem fora das salas comunais, a bruxa apenas suspirou, tentando não descontar sua frustração na garota enquanto puxava Laine de leve pelo braço até junto da aluna. Sem se importar com o quanto a garota poderia achar seu gesto estranho, tirou a própria capa, se aproximando em silêncio e a cobrindo com o tecido antes de se agachar ao seu lado. Em um tom apenas ligeiramente mal humorado, comentou enquanto ajeitava seu capuz por sobre os cabelos molhados da garota:


    - Você não deveria ficar aqui fora com esse tempo. Vai acabar arranjando uma pneumonia... E me dando trabalho.


Eu quero alunos me perturbando ._.
Até deixei ela mais boazinha, olha ~aponta
Aproveitem :3
Image

.
User avatar
Prii
Conhecendo os Marotos
Conhecendo os Marotos
Posts: 676
Joined: 23/01/07, 17:00
Sexo: Feminino
Estado: CE
Casa: Corvinal
Location: Galvão to na Grobo!!!

Re: Jardins de Hogwarts

Post by Prii »

Narração
-Fala
Fala de outros personagens

    A garota estava muito concentrada em seus pensamentos que nem notou a chegada de mais alguém. Quando viu alguém ao seu lado, este alguém estava colocando uma capa sobre ela. Mas somente quando a pessoa se abaixou ao seu lado foi que ela viu quem era.

    - Você não deveria ficar aqui fora com esse tempo. Vai acabar arranjando uma pneumonia... E me dando trabalho.

    Disse a professora Raven, colocando o capuz na cabeça da garota. Prii parou de choque, o que será que estava acontecendo? A professora Raven não estava gritando com ela por estar do lado de fora na chuva, somente falou com ela com um pequeno mal humorado?
    Tentou buscar as palavras e foi dizendo:


    -Ah! Professora! É... bem... eu... me desculpe.

    Olhou ao redor e viu a professora Laine, achou aquilo mais estranho ainda, pelo o que sabia as duas não se davam bem. Então olhou da professora de herbologia para a professora de DCAT tentando entender e disse:

    -Er... Está acontecendo alguma coisa professoras? Algum problema? Pois creio que não vieram até aqui no meio da chuva somente para me mandar entrar.

    Sentiu um arrepio e apertou a capa da professora, só agora notara de que estava com frio.


OFF: Raven boazinha? o mundo vai acabar!! ~corre


Image

Kimdin
Descobrindo a Profecia
Descobrindo a Profecia
Posts: 2030
Joined: 22/06/07, 11:21
Sexo: Masculino
Estado: SP
Casa: Lufa-lufa
Facebook: http://www.orkut.com.br/Main#Profile.as ... 8668559763
Last.fm: http://www.lastfm.com.br/user/kim_sama
Blog: @Kim_sandwich
Location: No mundo Surreal da BabyDoll *-*

Re: Jardins de Hogwarts

Post by Kimdin »

#Narração#
¨¨fala¨¨
*pensamentos*


# Kim estava passando ligeiramente pelo jardins quando viu uma garota e outra pessoa em pé ao lado da garota, kim estava com o cabelo um tanto molhado e logo pos seu capuz da corvinal na cabeça#


*Sera que esta acontecendo algo com aquela garota ?*


#Kim se aproximou da arvore e logo viu que a prof.º de DCAT raven estava la com a menina que pelo capuz era da lufa-lufa#


¨¨Esta acontecendo algo prof.ª ?¨¨

#Perguntou kim virando seu rosto para a prof.ª que esta com as mão na cabeça da garota, kim olha para o lado e ve que a prof.ª de herbologia estava nos jardins tbm#


*acho que o clima não esta mto bom aki.. hei !... eu me lembrei que akela prof.ª foi a que me deu um esporro pq eu vi a mão dela jorrando sangue*

# lembrou kim quando olhava para laine , kim estava no momento em choqe naum sabia o que fazer, se perguntasse sobre laine para a raven ou se continuasse a saber sobre a garota#



[off] O___o raven boazinha !... naum !... primeiro a dercy depois isso !... *sai correndo em circulos*[/off]


Mas não faz sentindo falar com pessoas que têm um lar, elas não têm ideia de como é procurar segurança em outras pessoas, procurar um lar onde você possa descansar a cabeça.

Image

Toda noite eu costumava rezar para achar pessoas como eu - e finalmente achei - na estrada. Não tínhamos nada a perder, nada a ganhar, nada que desejássemos mais - exceto transformar nossas vidas em uma obra de arte.Viva rápido. Morra jovem. Seja selvagem. E se divirta.
User avatar
David Bergerson
Na Copa Mundial de Quadribol
Na Copa Mundial de Quadribol
Posts: 1115
Joined: 19/07/07, 14:47
Sexo: Masculino
Estado: PR
Casa: Grifinória
Facebook: http://www.orkut.com.br/Main#Profile?rl ... 7780474459
Location: Aqui, coisando, obrigado ú_u

Re: Jardins de Hogwarts

Post by David Bergerson »

Assim que entraram no túnel, David teve de fazer um esforço para acostumar-se novamente com a escuridão mais "densa" do lugar. Estendeu a varinha acesa à frente, iluminando o caminho. Logo após a pequena curva e a decida, pôs-se ao lado de Daniel e de Gui, para finalmente seguirem reto em retorno ao castelo. Suas mãos estavam tremendo e tinha de se controlar para não bater os dentes. Sentia o rosto fervendo, e ao mesmo tempo o suor e gotas de água que ainda pingavam dos cabelos escorriam gelados. Agora tinha certeza - estava mesmo ficando resfriado, ou algo do tipo. Justamente naquela hora? O que quer que fosse, poderia esperar mais um pouco para se manifestar...

Continuou caminhando, logo começando a ter uma leve impressão de que o caminho parecia um tanto quanto "maior" do que na ida. Já começava a se sentir um tanto sufocado, não por estar no túnel em si mas talvez pelo mal-estar que sentia. No entanto, não queria demonstrar isso aos amigos; só queria sair logo dali e terminar com aquilo (assim esperava). Apesar disso, tinha quase certeza de que Daniel sabia (ou sentia) o que estava se passando, mas felizmente não dizia nada. Não era hora mesmo para parar e preocupar-se com qualquer outra coisa que não fosse chegarem seguros ao castelo e destruírem ou descobrirem o que deviam fazer com a pedra de Harfang. Porém, quando ainda estavam "no meio" do caminho, David sentiu-se tonto, o curto trecho de túnel que podia ver (graças à iluminação das varinhas) começou a "rodar" na sua frente. Nisso, acabou tropeçando e caindo de joelhos no chão. Fechou e abriu os olhos rapidamente, tentando fazer a tontura passar. Nada. Ficou ali por alguns segundos, até sentir uma mão em suas costas e alguém abaixando-se perto dele. Era o gêmeo.

Levantou-se, apoiando na mão que agora Daniel lhe estendia, ajudando-lhe. Olhou seriamente para o irmão. Ainda não entendia bem como as coisas entre eles haviam mudado tão rápido, após toda aquela confusão de quando se encontraram pela primeira vez (e só então perguntou-se o que passava pela cabeça de Gui a respeito daquilo - se ele mesmo não entendia, quanto menos o sonserino). Era mesmo algo como magia. Ou a ausência dela. Algo assim. Já não importava, não naquele momento. Ainda antes de continuarem o caminho, David abraçou Daniel, como se... como se nunca mais em sua vida fosse fazer aquilo novamente. Soltou o irmão, respirou fundo e disse, num tom mais sério do que de fato desejava:

- Acho que as coisas estão chegando ao fim. Finalmente...

Virou-se e continuou andando, ajudado por Daniel no princípio. Logo a visão voltou ao normal, tornando-se mais fácil de caminhar pelo túnel. E mais alguns poucos minutos depois, finalmente avistaram a luz azulada revelando a abertura e saída do túnel. Apertaram o passo para alcançarem logo a saída do buraco; a sensação de ficar por algum tempo em um túnel fechado já não era nada agradável, e somada ao mal-estar de David, tornava-se pior ainda. Sem sequer lembrar-se do salgueiro, tomou um impulso e saltou para fora do buraco, parando para ajeitar a espada por debaixo das vestes e limpando-as da poeira. Voltar para debaixo da chuva, porém, não era algo tão agradável no estado em que ele se encontrava. Sentia-se agora gelado, o corpo tremia mais do que antes. Mas logo estaria novamente - e definitivamente - a salvo da chuva e do frio. Bem, talvez não tão logo.

Sentiu uma pancada forte nas costas, e quando se deu conta estava "voando", até cair novamente no chão, a alguns metros da abertura do túnel. Virou-se rapidamente sobre o corpo, só então se dando conta de que fora arremessado por um dos galhos do salgueiro, que ao contrário do momento anterior, estava se movendo - e não parecia muito "tranqüilo" desta vez. Arregalou os olhos, pronto para gritar para Gui e Daniel que tomassem cuidado, mas logo sentiu um tipo de "beliscão" forte no braço esquerdo. Olhou e notou um pedaço da manga da capa e da camisa rasgados, e seu braço.. ferido. Tocou o ferimento com a mão direita, sentindo uma pontada ainda mais forte no braço. Retirou rapidamente a mão suja de sangue, só então "se tocando" de que havia sido ferido pela espada durante a queda. Murmurou um "aargh" ao sentir a dor aumentando graças aos pingos de chuva que insistiam em cair justamente sobre o corte. Procurou ignorar aquilo (e não conseguiu, de fato, mas não podia ficar parado ali. Colocou-se de pé e gritou alto para o gêmeo e para o amigo, que saíam do túnel:

- CUIDADO!!! O SALGUEIRO, CUIDADO!!!

Sem esperar por qualquer reação dos dois, correu novamente na direção da árvore, tomando a espada nas mãos. Estendeu-a na direção do salgueiro, porém não verticalmente, como na ida; estendeu-a horizontalmente, como que em posição de ataque - pois era justamente isso que tinha em mente. Partiu para cima da árvore esquecendo-se de qualquer coisa - a não ser de que não queria que o irmão e o amigo se ferissem. Quando já estava mais próximo, desferiu um golpe um tanto agressivo com a espada em um galho grosso que iria atingí-lo, porém arrancando apenas uma lasca do mesmo. Abaixou-se rapidamente, conseguindo escapar da pancada, mas logo que se levantou um outro galho foi na direção dele, e desta vez não houve tempo para que escapasse. O galho atingiu em cheio o tronco e o rosto de David, lançando-o novamente a alguns metros, e fazendo com que o garoto derrubasse a espada, que por sua vez acabou caindo mais para perto do salgueiro. Atordoado pelo impacto, David permaneceu deitado no chão, tentando desesperadamente manter-se consciente...



Off- People, coisem mas não interfiram (ainda), ok? Como o David disse, "things are coming to an end" (o coiso me veio em inglês *capota) - as coisas estão chegando ao fim u.u

Obs.: Daniel "movido" (lá quando ajudou David a se levantar) com autorização u.u
User avatar
laine fernandes
Conhecendo A Toca
Conhecendo A Toca
Posts: 286
Joined: 26/03/06, 01:34
Location: pensando no que poderia ter feito
Contact:

Re: Jardins de Hogwarts

Post by laine fernandes »

Laine corria pelos corredores a ao lado de Raven. Com certeza a pior companhia daquele lugar. Perguntava-se a cada segundo o motivo de estar ajudando aquela mulher. Ela não merecia nem respirar o mesmo ar que laine. Por David ? talvez. Continuou correndo perdida em pensamentos, ate encontrarem a saída que dava acesso aos jardins.


Parou rapidamente. A chuva forte impossibilitava a visão da professora de herbologia, fazendo a mesma franzia a testa. Seus óculos rapidamente se encheram de pequenas gostas, assim que ela deu dois passos na grama molhada, alcançando Reven, que já estava mais longe, sem muito esforço.

Encarou alguma coisa no meio da chuva, quietinha perto de uma arvore, parecia uma aluna lufana. De repente sentiu seu corpo sendo arrastado em direção a menina. Ela acha que sou cega, perguntou-se, puxando seu braço com força e a encarando feio. Encostou-se na arvore, sem encarar a garotinha, mas seu rosto não tinha mal humor ou alguma coisa rude. Apenas começara a ficar preocupada.


- Você não deveria ficar aqui fora com esse tempo. Vai acabar arranjando uma pneumonia... E me dando trabalho.

Laine não conteve o espanto. Raven fazendo um gesto daqueles? Onde estava sua varinha, mataria aquela mulher impostora antes que percebesse o que lhe atingiu. Sorriu, virando o rosto, esperando que nenhuma das duas tenha visto.

-Ah! Professora! É... bem... eu... me desculpe. -Er... Está acontecendo alguma coisa professoras? Algum problema? Pois creio que não vieram até aqui no meio da chuva somente para me mandar entrar.

-sim, aconteceu alguma coisa...- Laine começou a falar mais fora interrompida.

-Esta acontecendo algo prof.ª ?- disse, um menino da corvinal, no qual laine reconheceu rapidamente.

-Sim... Está acontecendo, porém, não é nada que seja do seu interesse... ... – disse com uma voz áspera. Seus olhos encararam o menino, parecia algo negro e sem vida, mas logo laine fechou e abriu seus olhos e o brilho voltou ao seu lugar.
-Raven, cuide disso!comentou em um tom baixo.

Virou-se para outra direção. Não estava na sua melhor forma e correr horrores não tinha ajudado em nada. Esperava que a mulher fizesse o que planejara rápido. Não estava com tempo para brincadeiras. Tinha assuntos mais sérios para cuidar. Laine passou a mão na testa, tirando o cabelo molhado do caminho.


Qual o motivo de toda essa grosseria?pensou.
User avatar
Elassea
Praticando com a AD
Praticando com a AD
Posts: 1780
Joined: 16/04/07, 14:56
Sexo: Feminino
Estado: SP
Casa: Corvinal
Blog: http://lari-elassea.tumblr.com/
Micro Blog: http://twitter.com/lari_elassea
Location: Westeros
Contact:

Re: Jardins de Hogwarts

Post by Elassea »

Narração
Falas
Pensamentos


O dia estava chuvoso, mas isso não impedia que Elassea passeasse pelos jardins de Hogwarts alegremente. A chuva transformava a terra fofa em lama, sujando suas botas e parte de suas vestes da Corvinal. Quando saira do castelo lhe parecera que não encontraria ningue fora do castelo e que ali encontraria paz e silencio para ficar um pouco pensando na vida. Parecia inutil, mas ela adorava passar horas dessa maneira.

Porem, conforme avançava pelas poças enlameadas, encontrava aqui e acolá outros alunos. Viu Kim, de sua casa e se dirigiu a ele. Por mais que quizesse tranquilidade, não costumava ignorar a presença de algum conhecido. Mas ao se aproximar, viu que não estava sozinho. Ali estavam tambem uma aluna da Lufa e duas professoras.

Quando enfim chegou a uma distancia em que podia ser ouvida mesmo com o barulho da chuva que caia copiosamente sobre seu rosto, que não mais apresentava o feitio arrumado que deixara a torre da Corvinal. Não havia maquiagem, mas os cabelos encharcados caiam de um coque desfeito e desorganizado.


-Oi Kim! Não esperava te encontrar por aqui num dia desses! - Cumprimentava com um sorriso cordial, assim como a menina. Ao virar-se para as professoras, que não pareciam estar com o melhor humor do mundo, dirigiu-lhes outro sorriso - Professora Raven, Professora Laine, não esperava as encontrar por aqui! E ainda mais com esse tempo...Algo de errado?

Ficou ali, observando a cena curiiosa, completamente alheia a chuva que continuava a cair sem piedade por sobre as suas cabeças
Like the Phoenix I rise
From the ashes of life

º
User avatar
Raven
Na Copa Mundial de Quadribol
Na Copa Mundial de Quadribol
Posts: 1032
Joined: 03/07/06, 20:51
Sexo: Feminino
Estado: MG
Casa: Corvinal
Location: Plutão

Re: Jardins de Hogwarts

Post by Raven »

    Narração; Fala; Pensamento; Off;

_†_
One
_†_


    Raven sabia que a aluna estranharia sua atitude, mas não ligava realmente para isso. Estava simplesmente preocupada demais com coisas mais importantes para se ligar muito no fato de uma garota estar nos Jardins, na chuva... Dentro do horário permitido. Mas encontrar apenas aquela menina ali lhe dera uma nova preocupação. Aquele lugar era algo como sua última esperança para encontrar o menino...

    E encontrar apenas a lufana ali lhe cortava qualquer idéia de aonde continuar a buscar o garoto.

    Ergueu-se novamente após ajeitar a capa sobre a garota, olhando de esguelha para Laine ao escutar a pergunta da aluna. A herbologista não parecia feliz, como era de se esperar... Na verdade, estava com um humor terrível. E Raven sequer sabia bem qual a causa disso daquela vez. Presumira que estava tudo bem entre as duas da última vez em que se encontraram...

    ... Não da vez que ela interrompera a briga com [email protected], claro: Daquela vez não era ela. Haviam se perdido juntas na Floresta... Será que apesar de na hora ter perdoado a tentativa de sacrifício, Laine resolvera se ressentir quanto a isso após pensar melhor?

    Seria justo.

    Franziu a testa ao escutar a resposta da outra professora, acentuando ainda mais essa expressão quando a mulher respondeu um garoto que logo chegou. Não vira Kim chegar, e claro que o surgimento do aluno não a deixara muito feliz... Mas a reação de Laine, bem: Será que as duas haviam trocado de papel? Não deveria ser a herbologista a cuidar dos alunos e ela a destratá-los?

    Ao escutar a ordem da outra para que cuidasse daquilo, no entanto, aproximou-se um passo dela, estreitando os olhos e cerrando os punhos enquanto começava:


    - Qual o seu problema dessa vez, menina? Eu não sei o que te fiz agora, mas... Essa atitude é realmente necessár...

    Não concluiu sua fala, no entanto, pois logo outra garota da Corvinal chegou junto ao grupo. Suspirou com força, relaxando os dedos e se voltando para a garota para responder em um tom um pouco mais ríspido do que o pretendido.

    - Mas que diabo... Por que é que haveria de ter algum problema? Não temos o direito de simplesmente querer estar aqui fora assim como voc... – calou se em meio à frase, baixando os olhos levemente e logo completando em um tom não tão mais calmo – Desculpem. Não, meus caros, não tem nenhum problema... Só estávamos procurando pelo Sr...

    Mais uma vez se viu forçada a interromper a frase, erguendo os olhos ao perceber uma movimentação junto ao salgueiro lutador. O “Feather” deixou sua boca em um volume quase inaudível... Seguido por um não tão discreto palavrão. David atacado pela árvore e... Uma espada? Olhou para Laine, sem entender, amaldiçoando as causas que haviam levado àquela maldita perda de parte de sua sensibilidade mágica: Não era capaz de sentir qualquer feitiço naquela peculiar cena... Mas isso não a impediria de fazer o que tinha de ser feito.

    Fazendo um gesto breve para que os quatro a acompanhassem, iniciou uma desenfreada corrida ao ver o garoto falhar ao tentar atingir um dos galhos... Mas estavam longe demais. Acompanhou com o olhar quando David foi derrubado, sem sequer se dar conta de que os outros a seguiam. Precisava tirar o garoto dali, já estava perto, só mais alguns instantes...

    Mal teve tempo de erguer os braços para proteger a cabeça quando uns poucos galhos desceram sobre si, sequer vendo quem realizara o feitiço que deteve o maior deles enquanto um mais fino atingia seu ombro. Tudo bem, aquilo doía. Mesmo... Mas não a impediria...

    Não que fosse necessário que a impedisse, pois logo que tentou entrar novamente no raio de ação da árvore... Mãos a detiveram. Lutou brevemente contra os braços da outra pessoa, em vão, tentando se libertar para ir até o aluno... Mesmo sabendo que aquele era um pensamento egoísta, não pôde deixar de desejar que tivesse sido o gêmeo de David quem caíra. Mas sabia que não era... Seria sorte demais.


    “ Se levante, se levante... Por favor”


Vc deixou a gente ser platéia, e...
Não interferi, feliz? u_u’ Eu não x.x
Alunos felizes, vcs me seguiram, NE? ._.
Fiquem a vontade se quiserem me segurar... Eu precisava de um motivo pa não coisar x.x
Se não quiserem, Tb, Laine coisa... Não é como se ela não adorasse agarrar a Raven sob qualquer pretexto ¬¬
Image

.
User avatar
Prii
Conhecendo os Marotos
Conhecendo os Marotos
Posts: 676
Joined: 23/01/07, 17:00
Sexo: Feminino
Estado: CE
Casa: Corvinal
Location: Galvão to na Grobo!!!

Re: Jardins de Hogwarts

Post by Prii »

Narração
-Fala
Fala de outros personagens

    Prii começou a vestir de verdade a capa da professora Raven, quando ouviu a outra professora dizendo.

    -Sim, aconteceu alguma coisa...

    Então um aluno apareceu der repente e interrompeu a professora.

    ¨¨Esta acontecendo algo prof.ª ?¨¨

    -Sim... Está acontecendo, porém, não é nada que seja do seu interesse... -Raven, cuide disso!

    Tentou conter um pequeno riso. Mas afinal, que raios estavam acontecendo aqui? A professora Laine brava? A professora Raven boazinha?
    Estava com todas essas perguntas na cabeça, quando viu a professora Raven virar-se para a outra professora.


    - Qual o seu problema dessa vez, menina? Eu não sei o que te fiz agora, mas... Essa atitude é realmente necessár...

    Olhando para o outro lado, viu mais uma aluna aparecer e interromper.

    - Professora Raven, Professora Laine, não esperava as encontrar por aqui! E ainda mais com esse tempo...Algo de errado?

    Conteve mais um riso, era melhor não abusarem do bom humor daquela professora.

    - Mas que diabo... Por que é que haveria de ter algum problema? Não temos o direito de simplesmente querer estar aqui fora assim como voc... – calou se em meio à frase, baixando os olhos levemente e logo completando em um tom não tão mais calmo – Desculpem. Não, meus caros, não tem nenhum problema... Só estávamos procurando pelo Sr...

    Vendo a expressão no rosto da professora, seguiu o seu olhar, e viu, para seu total espanto e desespero o seu amigo David sendo atacado pelo salgueiro lutador.
    Soltou um palavrão bem feio e correu atrás da professora Raven que já estava indo em direção ao aluno.
    Correu o mais rápido que pode, e estava imediatamente atrás da professora. Quando viu um galho vindo na direção das duas, tentou se abaixar, mas alguém havia feito um feitiço e somente pedaços de galhos caíram sobre suas cabeças.
    Não sabia o que havia lhe acontecido, ao ver seu grande amigo coerrendo perigo, ela simplesmente sentiu que tinha que fazer tudo para ajuda-lo. Vendo a professora correndo cada vez mais rápido e vários galhos vindo em sua direção, a agarrou pelas costas, sempre fora uma garota bem forte, e sentindo-a se debater disse:


    -Escute professora, você é a mais esperta de todos aqui, se quer ajudá-lo, como eu também quero, não faça nenhuma besteira, vamos precisar de você.

    Mas, sem se dar conta, um galho veio por trás, atingindo-a bem no meio das costas. Ela e a professora voaram alguns metros, e sentindo uma dor insuportável nas costas disse:

    -Acho... que... caímos perto dele.


OFF: ééé David, n vamos ficar de fora u.ú


Image

User avatar
laine fernandes
Conhecendo A Toca
Conhecendo A Toca
Posts: 286
Joined: 26/03/06, 01:34
Location: pensando no que poderia ter feito
Contact:

Re: Jardins de Hogwarts

Post by laine fernandes »

Não entendia o que estava acontecendo com os seus pensamentos. Estava sendo rude com crianças que apenas desejavam ajudar as duas professoras. Manuela não poderia acabar com aquilo que Laine sentia... Manuela não poderia destruir o amor que sentia por seus alunos e sua escola.

- Qual o seu problema dessa vez, menina? Eu não sei o que te fiz agora, mas... Essa atitude é realmente necessár.... – Raven esbravejou da maneira mais educada possível, porém, fora detida por outra aluna.
Agradeceu infinitamente pela aluna ter aparecido, não saberia o que dizer para mulher caso ela continuasse. Virou-se novamente, buscando qualquer coisa que não fosse aquela situação, as flores na chuva eram quase...


-Feather...


Se laine não estivesse tão concentrada não teria escutado aquele sobrenome, no entanto, o palavrão fora o que lhe chamou atenção. Olhou raven e em seguida observou alguma coisa ao longe. O salgueiro estava agitado como nunca, então, levando à mão a boca, laine encarou raven novamente. David! O garoto estava levando uma surra da planta.


Raven correu como uma bala em direção a confusão. Laine não estava conseguindo alcança-la, por mais que estivesse rápida, por mais alta que fosse. O que motivava Raven a estar tão empenhada em salvar o menino?


Os galhos enraivecidos tentavam atingir a todos. Laine sentiu escorregar, mas consegiu deter-se de levar uma queda. Já estava a poucos estantes da mulher, então,prii agarro-a pelo braço. Mas com a chuva não conseguia segurar firme a mulher que lutava que nem doida pra se livrar de suas mãos.

-RAVEN!laine gritou, finalmente conseguindo segura-la. Mas Fora jogada para longe. Olhou atordoada pros lados e vira que Prii e Raven também foram jogadas. Laine sentia uns arranhoes no corpo mais nao podia averigua sua situaçao.

– Preste atenção... - Laine Gritou, tentando colocar-se de pé. - Heróis salvam as pessoas antes de morrer... não seja burra! - disse em tom que fosse escutado na chuva, quase aos berros, completando. - Então não morra...-essa ultima parte saiu muito baixo, muito mesmo U_U".

Procurando no meio da chuva e de raios, avistou as duas caidas, não tão perto e nem tão longe de David. Gritou tentando evitar os galhos e atingindo um deles com alguns feitiços, antes que acertassem a cabeça da prii.

-Pense no que esta fazendo... Essa arvore pode machucar David e os outros meninos... não é hora de deixar malditas emoções serem mais fortes... pense com sua cabeça droga... Não tem apenas uma pessoa em perigo. disse ofegante olhando os movimentos da Prii, que tambem poderia levar uma galhada fatal. Quase achou que as palavras não sairiam. Tinham que ser mais inteligentes. Eles não eram os únicos a enfrentar o visgo.


A chuva deixava o gramado melecado de lema. laine olhou pra cima, em direção ao topo do salgueiro, voltando a olhar para mulher, quando mais uma vez fora atingida e jogada no chão.

-Merda! nao tem um dia normal nessa escola?!


OFF: que bagunça... tentei nao me socar muito... U_U"
OFF: raven ¬¬
Kimdin
Descobrindo a Profecia
Descobrindo a Profecia
Posts: 2030
Joined: 22/06/07, 11:21
Sexo: Masculino
Estado: SP
Casa: Lufa-lufa
Facebook: http://www.orkut.com.br/Main#Profile.as ... 8668559763
Last.fm: http://www.lastfm.com.br/user/kim_sama
Blog: @Kim_sandwich
Location: No mundo Surreal da BabyDoll *-*

Re: Jardins de Hogwarts

Post by Kimdin »

# Kim estava a esperar alguma resp.da profª , com a chuva molhando seus cabelos azuis, kim sentia o molhado dos pingos entrar em suas vestes preta,azul e prateada foi quando Laine a prof.ª de herbologia exclamou em um tom nada receptivo ¬¬#

[quote=Laine]Sim... Está acontecendo, porém, não é nada que seja do seu interesse... [/quote]

*nossa que prof.ª mais grossa.. quanto mais ela me da um toco mais fico curioso para saber qual é a dale*

#pensou kim guando deu um passo para tras pois pensou que a prof.º iria lhe dar um murro de tanta raiva nos olhos, mais logo o olhar dela ficou como no começo um tanto sereno, quando ela olhou para raven e falou#

Laine para raven wrote:Raven, cuide disso!


# Kim naum se conteve, estava ja com saco cheio de ser tratado como um estorvo na vida de laine#


¨¨Se a senhora esta falando de mim não se preoculpe eu não estava perguntando para vc e sim para raven u__ú¨¨

# Exclamou kim em um tom super aspero , kim nunca falou assim com ninguem naum estava em sã conciencia, nunca tinha falado assim com ninguemm, kim estava lançando um olhar mais do que ódio, era um olhar de despreso foi quando ouviu uma voz familiar vindo em sua direção#

Elessea wrote:Oi Kim! Não esperava te encontrar por aqui num dia desses!



#Kim olhou para tras foi quando viu uma amiga, ellesea vindo em direção a ele e logo ela exclamava algo para as prof.ª que estavam la , logo kim exclamou#

Ellesea wrote:- Professora Raven, Professora Laine, não esperava as encontrar por aqui! E ainda mais com esse tempo...Algo de errado?



¨¨se eu fosse vc naum perg....¨¨

# Tarde de mais raven ja tinha começado a falar#

*meu deus mais um esporro da prof.ª que mais gosto aki nesse cafofo*

#Pensou kim olhando para raven e ouvindo atentamene o que ela dizia#

raven wrote:- Mas que diabo... Por que é que haveria de ter algum problema? Não temos o direito de simplesmente querer estar aqui fora assim como voc...


#Kim viu que raven parou no meio da frase, kim ja estava ficando desapontado com reven foi quando ela se acalmou e disse.:#

Raven wrote:Desculpem. Não, meus caros, não tem nenhum problema... Só estávamos procurando pelo Sr...


# E denovo raven para no meio da frase... #

*quem sera que ela esta procurando ??.... naum tenho nenhum palpite*

#pensou kim foi quando raven virou para o lado, kim tbm virou viu alguem lutando com o salgueiro lutador, kim naum teve nenhuma reação, raven começou a correr em direção ao salgueiro e kim foi atras dela , sem pensar nas consequencias, kim foi, não tinha nenhum ideia do que ia acontecer mais iria ajudar raven no que desse, quando um galho atingiu-a#


¨¨PROFESSORA !...¨¨


#Exclamou kim indo em direção a prof.ª e quase chegando o galho atingiu ela nos ombros quando kim estava chegando, mais raven saiu dali de perto e kim foi junto com ela, laine estava falando algo, mais kim estava tçao cego que naum ouvia que laine estava falando#

¨¨prof.ª que que ele tem !...¨¨

#Exclmaou kim ajoelhando-se perto da prof.ª e de alguem que estava entre os braços dela , kim sem pensar rasgou a roupe e amarrou no ombro da raven tentando aliviar a dor horrivel que ela estaria sentindo#


Mas não faz sentindo falar com pessoas que têm um lar, elas não têm ideia de como é procurar segurança em outras pessoas, procurar um lar onde você possa descansar a cabeça.

Image

Toda noite eu costumava rezar para achar pessoas como eu - e finalmente achei - na estrada. Não tínhamos nada a perder, nada a ganhar, nada que desejássemos mais - exceto transformar nossas vidas em uma obra de arte.Viva rápido. Morra jovem. Seja selvagem. E se divirta.
Locked

Return to “Arquivo de RPs”