[EVENTOS] Expresso de Hogwarts

RPs antigas? Histórias que quer rever? Subfórum destinado ao arquivamento dos tópicos de jogo do RPG. Você veio ao lugar certo!

Moderator: RPG

Locked
User avatar
Yuna Urahara
[Professor-RPG]
[Professor-RPG]
Posts: 94
Joined: 06/11/07, 08:40
Sexo: Feminino
Estado: SP
Casa: Corvinal
Location: Far Far Away^^

Post by Yuna Urahara »

*Gaby se endireitou e pegou Ichigo com as duas mãos, enquanto Yuna a observava atentamente*

"- Na verdade agora eu sou oficialmente a curandeira da escola - Quando nos conhecemos eu só estava ajudando meu irmão na ala, agora o diretor me chamou para assumir o lugar do Renan, já que ele está ocupado com outras coisinhas ^^
- Alias, eu estou com saudade daquele pivete, faz tempo que nao o vejo, achei que o veria aqui, mas não o encontro... "


*Yuna ia cuprimentá-la quando se aproximou um rapaz que ela nunca vira antes e sussurrou aos ouvidos de Gaby que ficou visivelmente feliz, Ichigo voou nos seus braços enquanto Gaby voava em direção ao rapaz*

"- NANNNNNNNNNNNNNNNNNNNNN *Ainda no chão Gaby torturava o irmão apertando sua bochecha de todas as maneiras possiveis e baguçando seu cabelo como se ele fosse uma criança* - Seu maldito pivete sem coração! POR ONDE ANDOU?! Me deixou sozinha com a enfermaria nas mãos e não deu nenhum sinal de vida! ISSO É COISA QUE SE FAZ COM SUA DEDICADA IRMÃ! *Gaby continuava a torturar o irmão, quando reparou que o rosto do rapaz estava um pouco vermelho* - O que é isso? fui eu?! Ou vc andou se metendo em briga denovo, Sr. Professor *Gaby sorria feliz e animada enquanto se levantava e puxava o irmão* - Ah eh... essa eh a Yuna, conheci ela quando ela visitava o colegio no final do ano letivo passado, ela é primeiranista, e creio que será sua aluna... Yuna este eh meu irmão mais novo (gemeo) Renan, ele era curandeiro do colegio, mas agora se tornou professor - aiii que foooofoooo meu meninho eh um respeitavel professorrrrrrr*Agarra o irmão novamente bagunçando o cabelo dele*"

*Yuna sentiu-se realmente envergonhada pelo rapaz, não gostaria de estar na pele dele, sentiu um pouco disso minutos antes, no corredor*

"Are are, ela realmente é a felicia¬¬"

"Nossa ele é o ototo dela? Ele parece mais maduro¬¬"


-Yoroshikun!(Prazer em conhecê-lo)*Yuna fez uma leve reverencia* Me chamo Yuna Urahara, gomene demo(me desculpe mas), não falo muito bem inglês ainda^^

*Yuna sorria gentilmente enquanto segurava Ichigo que tentava bicar sua mão*
Professora de Transfiguração

Image
Em caso de dúvidas ou reclamações me mande uma MP

Image
Clica em mim^^
__________________________________
Spoiler
*ação/narração*
fala Yuna
(pronuncia - tradução)
"pensamento Yuna"
outro personagem
User avatar
Renan
Conjurando o Patrono
Conjurando o Patrono
Posts: 881
Joined: 20/07/05, 21:36
Sexo: Masculino
Estado: SP
Casa: Corvinal
Facebook: http://www.orkut.com.br/Profile.aspx?ui ... 9801255091
Last.fm: http://www.lastfm.com.br/user/renanenrique
Blog: http://shardsofme.wordpress.com
Micro Blog: http>//www.twitter.com/re_enrique

Post by Renan »

Má idéia. Em verdade, péssima idéia. Tinha esquecido de como a irmã poderia ser esmagadora em situações como essa. Definitivamente, Renan mal entendera as palavras de Gaby, tão ocupado que estava em tentar evitar os... afetos da jovem. Quando conseguiu se recompor, e abriu um sorriso para a irmã, a menina que não conhecia se dirigiu a ele.

- Yoroshikun!(Prazer em conhecê-lo) - disse, seguindo-se uma leve reverência - Me chamo Yuna Urahara. Gomene demo(me desculpe mas), não falo muito bem inglês ainda^^

Apesar dos vocábulos a ele estranhos, pôde compreender perfeitamente o que Yuna queria dizer. Bastava dar uma leve olhada nas feições e no jeito de agir da garota para presumir que era muito educada.

- O prazer é meu, Srtª Urahara. Serei seu professor de História da Magia se, é claro, estiver disposta a aprender. - disse sorridente - Bom, como ainda não estamos em classe, abandonemos as formalidades da fala, né, Yuna?

*Garota encantadora, arrisco*

- By, você perguntou por onde andei né... Bem, é muito longo para explicar agora. Mas posso adiantar de que eu dei sim sinais de vida. Muito mais palpáveis do que possa imaginar. - proferia esboçando um sorriso um tanto quanto enigmático - Lembra-se das poções azuladas?
RPG // Renan Shellden Skuli

Mande MP clicando aqui!
User avatar
Jho Pertif
Conjurando o Patrono
Conjurando o Patrono
Posts: 735
Joined: 28/09/07, 16:47
Sexo: Feminino
Estado: SP
Casa: Lufa-lufa
Last.fm: www.lastfm.de/user/infra_vermelho
Micro Blog: www.twitter.com/krasucki
Location: Entre o Monitor e a Cadeira

Post by Jho Pertif »

*vê Mari se virando para pegar um Feijãozinho de todos os sabores*

-Não é de chocolate pois não?

*escuta ela falando*

- Eu odeio chocolate... tipo, eu sei que é estranho mas eu apanhei um trauma quando era pequena com chocolate, foi a primeira vez que comi e nuuuuunca mais repeti.
Jho, passas-me um de caramelo?

- Bem, vc vai ter que ter sorte pra pegar um de caramelo, ou então tenta esse

*oferece um outro doce de cor bronze*

Abigail ainda estava agitada, Jho Pertif levanta e vai até a gaiola e começa a brincar com o bico da coruja

- Não sei o que ela tem, está assim desde que cheguei no Expresso

*volta para se sentar*

- Vocês acham que vão cair em qual casa? Kiara diz que queria ficar na grifinória, eu já disse pra ela que meu pai foi da Lufa-Lufa e minha mãe da Grifinória.

De repente escuta uma batida na porta da cabine e o que era.

--

OFF: não se preocupa Mari, eu só consegui postar agora tbm ç_ç
User avatar
Gaby Lovegood
Conjurando o Patrono
Conjurando o Patrono
Posts: 799
Joined: 20/06/05, 14:55
Sexo: Feminino
Estado: SP
Casa: Corvinal
Location: voando O.o

Post by Gaby Lovegood »

*Gaby observou Yuna se apresentar a Renan formalmente e ficou sorrindo apoiada ao ombro do irmão. Quando as formalidades finalmente acabaram, Gaby que estava pensando que cor de curuja nasceria do cruzamento de Yoru com Ichigo, voltou a realidade com seu irmão falando*

- By, você perguntou por onde andei né... Bem, é muito longo para explicar agora. Mas posso adiantar de que eu dei sim sinais de vida. Muito mais palpáveis do que possa imaginar. - proferia esboçando um sorriso um tanto quanto enigmático - Lembra-se das poções azuladas?

*Gaby arregalou os olhos para Renan, indignada*
- POÇÃO AZULADA RENAN! POÇÃO AZULADA! VC QUER COMPARAR ISSO COM A SUA PRESENÇA!? GRRRRRRRR que irmão desnaturada Merlim que irmão desnaturado! Cade aquele menininho que não conseguia durmir a noite!? Cadeeee?? Ele ja não liga mais para sua irma! *Gaby abaixou a cabeça por um instante, logo levantou e sorriu maldosamente para o irmão* - Devido a isso, caro professor, somado com a saudade que eu estou, terei que te castigar... *Os olhos de Gaby brilhavam quando ela olhou para o irmão, e de uma forma que nem ela sabia explicar como, pulou nas costas do irmão e mordeu sua orelha, enquanto rosnava*
User avatar
Katerina B.
Conhecendo A Toca
Conhecendo A Toca
Posts: 232
Joined: 24/11/07, 21:32
Sexo: Feminino
Estado: Reino Unido
Casa: Sonserina
Location: Sonserina

Post by Katerina B. »

Uma criança de aspecto bem-cuidado atravessava devagar os vagões, carregando sem muito esforço uma mala de couro nova e uma gaiola luxuosa, onde um aluco igualmente pomposo encarava com severidade as cabines e as pessoas. Os olhos muito claros e anuviados da menina pareciam distantes e absortos em qualquer outra coisa além do Expresso e da situação que ela vivia naquele instante, vez ou outra traindo-se e pousando sobre alguém, sem, no entanto, demonstrar emoções.
Em determinado momento, ela passou por um grupo de professores e voltou sua cabeça na direção de um professor e uma aluna muito jovem que conversavam. Sem interromper seu deslocamento, ela torceu lábio inferior num gesto indefinível, quase imperceptível. Sua cabeça, entretanto, trabalhava à mil:


Assédio? Já? Mas ainda é tão cedo...

Tendo vencido aquele vagão, a menina avançou na direção do outro, agora andando cada vez mais devagar. Parou diante de uma porta através da qual vozes femininas eram abafadas timidamente.
Ela, então, fitou o aluco na gaiola e sorriu - um sorriso bobo, distraído. Finalmente parecia ter escolhido um lugar naquele trem.
Bateu à porta com delicadeza.
User avatar
Jho Pertif
Conjurando o Patrono
Conjurando o Patrono
Posts: 735
Joined: 28/09/07, 16:47
Sexo: Feminino
Estado: SP
Casa: Lufa-lufa
Last.fm: www.lastfm.de/user/infra_vermelho
Micro Blog: www.twitter.com/krasucki
Location: Entre o Monitor e a Cadeira

Post by Jho Pertif »

*Jho Pertif se dirige para a porta e a abre*

A menina que surgiu a sua frente era de uns olhos muito claros e Jho já sabia quem era
Estava bem vestida e arrastava um malão.

- Katerinaaaaa!

*abraça a amiga tcheca*

- Que bom que achou minha cabine, entra!
Esses moleque ae fora estão jogando bomba de bosta por todos os cantos


*pega a gaiola da mão da garota e a ajuda a se ajeitar na cabine*

- Seus pais vão bem? E a sua irmã?
Eu enviei uma coruja no verão passado, chegaram a receber?


*olha curiosa para Katerina*

- Pega um sapo de chocolate, ou um feijãozinho de todos os sabores
Eu comprei quase todo o carrinho mesmo


*aponta para os doces todos esparramados*
User avatar
Lily Weasley Potter
Na Copa Mundial de Quadribol
Na Copa Mundial de Quadribol
Posts: 1224
Joined: 11/08/06, 11:05
Sexo: Feminino
Estado: SP
Casa: Grifinória
Facebook: http://www.facebook.com/jalinegilioti
Micro Blog: http//www.twitter.com/jalinegilioti
Contact:

Post by Lily Weasley Potter »

Narração
Fala
Pensamento
Outros
Off

    Lily cumprimentara a todos e ficou olhando no horizonte através do vidro… Pensando…

    ”Esse Hreter terá que me contra tudinho que não me respondeu por carta... Ah se vai!!”

    Ouve ao longe Bruna perguntar de que casa éramos.

    _Como eu mencionei Bruna, sou primeira anista, e não sei que casa irei, mas tenho a leve idéia de que vou para a Grifinória já que toda minha família sempre freqüentou aquela casa. Ouviu Juh lhe dizer que tambpem ai para o 1º ano.

    _E Juh estudaremos juntas mesmo, que legal!! Espero estarmos na Grifinória, aprontando aos montes...hihih

    Logo ela viu a menina que se chamava Talita que havia a cumprimentado, pois chegaram praticamente juntas na cabine. Ela também dizia ser da Grifinória e que se tinha importância deixar seu gato ali.

    _Talita espero entrar na Grifinória como vocês, junto ao meu amigo Hreter, Leo, Rubens, Pri, Saah, Nana e Nessa que conheço desde a infância. Deve ser muito lindo Hogwarts... Lembro-me de uma festa quando eu era pequena e meus pais me levaram para participar de uma comemoração lá... Lily baixou levemente a cabeça Eles eram aurors... Não lembro bem se era um torneio... Se foi para condecorar algum professor... Mas lembro do gosto do suco de abóbora e do cheiro de grama fresca... Bem eu tinha apenas 5 anos... E depois nunca mais fui lá porque... Porque... Eles faleceram e eu viajei muito... Indo morar com meu guardião Gustav, também auror do Ministério.. Bem... O que espero é ser feliz lá. Lily olhou a todos e sorriu, era contagiante seu sorriso, porque ela não ficava triste em momento algum, mas era muito pensativa.

    _Eu adorei seu gato Talita.. Também tenho um gato e uma coruja, mas apenas trouxe a coruja, talvez Gustav mande meu gato da França... Não sei..

    Lily vê Hreter quase adormecendo onde sentou-se e cutuca ele com um de seus pés, falando num quase sussurro.

    _Hreter.. Het... Ei... Acorde... Estamos quase a chegar... Het.. Poxa... Você vai mesmo continuar fingindo que dorme? Esqueceu-se q você fazia isso comigo quando éramos crianças? Trate de abrir os olhos e me contra direitinho o porquê ias para Durmsntrang... Afff

    Lily fazia cara de indignada, tamanha a safadeza que Hreter tinha em lhe trapacear fingindo estar dormindo, porque ela sempre cedia e não o incomodava mais, mas dessa vez... Dessa vez ela havia crescido e não desistia fácil da coisas assim.

    _Sr. Hreter!! Ela gritou em seus ouvidos e todos a olharam – Se não falares comigo ou não der uma explicação coerente, irás se ver comigo... Virou o nariz- E tenho dito!!

    Ficou em pé, mão na cintura e batia o pé direito em sinal de nervosismo...Essa ruivinha quando ficava brava, saí de baixo. Não é bom deixar uma ruiva nervosa.






[OFF]
>>Rubens não vou sumir... Seremos parceiros de casa eskeceu? E vc dise q serás meu escudeiro mais Hreter...hihi..alias estaremos no 1º ano entaum mais vc q ele..haha
>>Talita vou participar do RPG sim.. Já fugi demais...hihi..mas a vóvis te ama msm assim..
>> Laara aguardo resposta...
>> Hreter...mininuu malz.. Fala cmg senum eu conto pro Diogo que e deixaste falando sozinha.. E esqueçam revisões e mangas... e fics =p
>> Fidelis para de fugir do rpg..kkkk
>> Ai to com saudd da Milla..haha

[OFF]
User avatar
Renan
Conjurando o Patrono
Conjurando o Patrono
Posts: 881
Joined: 20/07/05, 21:36
Sexo: Masculino
Estado: SP
Casa: Corvinal
Facebook: http://www.orkut.com.br/Profile.aspx?ui ... 9801255091
Last.fm: http://www.lastfm.com.br/user/renanenrique
Blog: http://shardsofme.wordpress.com
Micro Blog: http>//www.twitter.com/re_enrique

Post by Renan »

Daquele jeito já era demais. Gaby gritava para o trem todo ouvir que ele não conseguia dormir a noite. Isso poderia ser perfeitamente normal, e era... qualquer criança já não conseguiu dormir a noite. Mas quando isso é seguido de uma irmã pulando nas costas de seu irmão e morder sua orelha enquanto rosnava... Tudo muda de figura.

Num ato não pensado, Renan berrou... Na verdade eram palavras, mas seria impossível distinguir cada uma delas. O som produzido por Renan misturava-se com o rosnado forjado de Gaby numa sinfonia bastante desconcertante.

Com grande esforço conseguiu desgrudar a irmã de suas costas e, em seguida, prendeu o pescoço dela com o braço esquerdo enquanto fazia um cafuné horrorosamente doloroso com a mão livre.

- Morra traidoraaaaa!!! - dizia com um sorriso completamente alienado - Vai me pagar por esse castigo injusto, sua mortal!

O antigo curandeiro só lembrou de que estava no meio de um corredor quando viu de relance a face extremamente ruborizada de Yuna. Num rápido mover do corpo, soltou Gaby num instante e, no outro, já estava rijo e contemplando os próprios pés. Apesar de seu esforço, o rubor em sua face denunciava seu estado.

- Cof, é... bem... - dizia ainda contemplando os próprios pés - Eu não tinha te esclarecido o que continham aqueles frascos né?
RPG // Renan Shellden Skuli

Mande MP clicando aqui!
User avatar
Polkis
Com a Pedra Filosofal
Com a Pedra Filosofal
Posts: 162
Joined: 21/07/05, 12:08
Sexo: Masculino
Estado: PR
Casa: Corvinal
Location: Júpiter

Post by Polkis »

Narração
Fala
Pensamento
Outros personagens


    Um vulto esbranquiçado vagava pelos vagões do Expresso de Hogwarts um pouco intrigado. Enquanto passava pelos vagões olhares e cochichos o acompanhavam. Pensava que deveria estar cheirando muito mal para sua presença ter tanta repercussão. Obviamente não esperava que nenhum espertinho viesse falar com ele, já que sua fama de grosseria e ironia era conhecido por todos.

    Seu esforço, no entanto, era para ouvir algum dos cochichos. Desejou ser ínvisivel e dois alunos em um canto comentaram em tom audível.


    - Ué, sumiu?

    Polkis Winfy assustou-se. Nunca teve nenhum poder de sumir de repente e olhando para baixo não viu seu corpo. Estava ínvisivel. Para comprovar sua especulação absurda, olhou para os lados procurando algum olhar pousado em sua presença, mas não encontrou ninguém o observando.

    "Ótimo... O que eu faço com esse poder agora?"

    Um leque de possibilidades se abriu diante dele. Poderia entrar no vestiário feminino, entender qual a razão de mulheres nunca entrar sozinha no banheiro, espionar Lana... Mas havia uma coisa que poderia fazer naquele momento: Assustar Raven Eiluned. A jovem professora sofria de frieza, nunca se alterar completamente tampouco chegar a ficar vermelha.

    Atentamente, procurou a mulher pelas cabines e vagões. Julgava ainda estar ínvisivel já que nenhum aluno cochichou ou o olhou. Parou quando viu uma mulher que nunca vira antes, julgou ser uma nova professora. Na primeira vista ela parecia ser uma mulher de muitas qualidades, era certo que Raven arrumaria algum problema com a pobre em seus primeiros dias. Eiluned era conhecida pela intromissão e provocação sem nenhum motivo.

    Felizmente, Polkis resolveu segui-la. Encontrou uma Raven tanto quanto abalada, parecia ter acabado de sair de um duelo. A questão era... Como assustar um ser que já parece ter o coração acelerado?

    Polkis resolveu fazê-la sentir dor, iria ser interessante alguém sentir um incômodo sem ver o que é. Procurou sua varinha, mas lembrou-se que estava ínvisivel e que perderia muito tempo procurando-a. Aproximou-se do ombro da professora e mordeu-o levemente. Porém ao fechar a boca não encontrou o ombro, sua boca fechou sozinha. Então seu novo poder deixava-o de ser sólido. Feliz com sua descoberta, Polkis resolveu que queria ficar vísivel para contar vantagem da professora e ao olhar para baixo viu um corpo estranho, branco.

    A ficha caiu, estava morto. Teria gritado se a voz saísse ou desmaiado se fosse vivo o bastante para isso. Apenas olhou com os olhos bem abertos para as duas na sua frente, esperando explicações. Mexeu a boca, mas o susto o deixara sem voz.
User avatar
Katerina B.
Conhecendo A Toca
Conhecendo A Toca
Posts: 232
Joined: 24/11/07, 21:32
Sexo: Feminino
Estado: Reino Unido
Casa: Sonserina
Location: Sonserina

Post by Katerina B. »

A porta não demorou a ser aberta, dando visão a uma menina sorridente aparentando ter a mesma idade de Katerina. Um sorriso se espalhou no rosto dela ao reconhecer a figura radiante e inconfundível de Jho.

- Katerinaaaaa!

Katerina foi espremida num abraço antes mesmo de responder ao cumprimento:

- Jho!

- Que bom que achou minha cabine, entra! Esses moleque ae fora estão jogando bomba de bosta por todos os cantos!

- Ah, é? Eu nem percebi...

As duas se abraçaram como velhas amigas por algum tempo, até que Jho gentilmente apanhou suas coisas e abriu espaço para que entrasse na cabine e se ajeitasse juntamente com as outras meninas, as quais Katerina cumprimentou com um aceno e um "oi, garotas!". Jho logo passou a lhe fazer várias perguntas, animada com o encontro.

- Seus pais vão bem? E a sua irmã? Eu enviei uma coruja no verão passado, chegaram a receber?

- Sim, sim...Papai anda meio ocupado, sabe? Minha mãe, bem...sabe como é, sem notícias dela. Minha irmã está bem! Conseguiu um emprego no St. Mungos! E não recebemos nenhuma carta..a Abigail ficou doente outra vez?

Katerina, com um sapo de chocolate na boca, se inclinou para ver a corujinha de Jho e notou que estava bastante abatida.
User avatar
Gaby Lovegood
Conjurando o Patrono
Conjurando o Patrono
Posts: 799
Joined: 20/06/05, 14:55
Sexo: Feminino
Estado: SP
Casa: Corvinal
Location: voando O.o

Post by Gaby Lovegood »

*Entre um cafune e um croque dado por Renan, Gaby ria enquanto tentava se soltar*

- Morra traidoraaaaa!!! - dizia com um sorriso completamente alienado - Vai me pagar por esse castigo injusto, sua mortal!

- Seu psicopata maniaco me soltaaaaaaaa! eu não sou traidora! e seu castigo foi mais que justo!

*Quanto finalmente as caricias dos irmãos terminaram, Gaby se recompostos fazendo uma nota mental, que de mental não tinha nada*

- Checado! ele continua o mesmo pivetinho maduro de sempre... de Fato acho que ele deve der uns 30 anos a mais que eu... Como posso ser gemea de um vovo... Talvez eu seja na verdade um clone da irmã gemea dele! Talvez ai eu seria a gemea da gemea do gemio! *A incrivel linha de raciocinio de Gaby foi enterrompida por Renan que agora pigarreava tentando, mostrar seriedade *

- Cof, é... bem... - dizia ainda contemplando os próprios pés - Eu não tinha te esclarecido o que continham aqueles frascos né?

*A aparencia de Gaby também mudará, ela se encostou na porta da cabine, e olhou pro irmão com um olhar mais serio e concentrado, enquanto soltava a trança que tinha no cabelo*

- Realmente vc não chegou a comentar, mas te conhecendo como conheço, mais o efeito que a poção produz a quem toma, eu não acharia absurdo que naquele frasco contenha, algo da sua propria essencia, o que alias me intriga muito... adoraria saber como fez a poção, e realmente seria muito util se vc me falasse, tanto tempo como curandeiro de Hogwarts, creio que vc pode ter muito a me passar, Nan....
User avatar
Lingmor Beluga
Com a Pedra Filosofal
Com a Pedra Filosofal
Posts: 124
Joined: 21/08/07, 19:38
Location: In Sana

Post by Lingmor Beluga »

Lingmor ainda estava parado junto a uma janela do corredor. Parado olhando o nada. Num instante, terrível instante, uma bomba-de-bosta explode próximo a ele. Na mesma fração de segundo em que a bomba explodiu virou-se para o garto que soltara com olhar malígno. Não era comum agir assim, mas essas coisas aconteciam esporádicamente por instinto. O menino, provavelmente da mesma idade de Lingmor, fugira. Normalmente era assim apenas com estranhos, junto a conhecidos era alegre e divertido, amável as vezes, mas muito apático, poderia ser seco a qualquer momento. Possuia um instinto forte, como o de um caçador, um nobre, algo do tipo. A bomba-de-bosta o acordara de seu devaneio, enfim.

Perdi tempo demais. Talvez não haja mais vagões vazios. Pena. Terei que me juntar a alguém.

Arrastando seu malão pelo corredor, procurava por uma cabine mais vazia que as outras. Os do início do trem estavam lotados. Não tinha muita paciência para aquilo. Talvez até tivesse, mas não sem conhecer ninguém... Ahhh nenhum conhecido ali, pelo menos nehum que tivesse visto. De vagão em vagão, vagava a procura de uma vabine mais vazia. Um pouco a frente deparou-se com uma cabine que parecia estar vazia. Abriu a porta e viu duas meninas conversando. Haviam outras mas mudas! Havia muitos doces espalhados e as duas meninas coversavam alegremente. Lingmor decide se dirigir a elas e tentar se estabelecer naquela cabine.

Err... olá! Posso ficar aqui? ... Sabe todas as cabines estão cheias, bem, e essa...
Image


Um dia alguém me vencerá.
...
Não hoje.
...
Não agora.
...
Nem você!



~~~~~~~~~~~~~~~~~~


Narração
Fala do personagem
Pensamento do personagem
User avatar
Ta WP
Na Copa Mundial de Quadribol
Na Copa Mundial de Quadribol
Posts: 1146
Joined: 13/06/07, 12:24
Sexo: Feminino
Estado: SP
Casa: Grifinória

Post by Ta WP »

Mais uma coincidencia: eu também tenho um gato, na verdade são dois. Eles ficaram com os meus pais... não estavam se sentindo muito bem... Mas se Merlin quiser nos feriados de Natal volto para casa e busco eles! Você está no mesmo ano que eu, não eh?!

Nossa Bruna que legal! É mesmo ano sim!

Muita conhecidencia isso,pelo menos esse ano eu não vou ficar tão sozinha!

Ela foi trazida para a realidade pela voz de Lily,

Como eu mencionei Bruna, sou primeira anista, e não sei que casa irei, mas tenho a leve idéia de que vou para a Grifinória já que toda minha família sempre freqüentou aquela casa. E Juh estudaremos juntas mesmo, que legal!! Espero estarmos na Grifinória, aprontando aos montes...hihih

A menina olhava para Juh, depois olhou para ela e falou:

Talita espero entrar na Grifinória como vocês, junto ao meu amigo Hreter, Leo, Rubens, Pri, Saah, Nana e Nessa que conheço desde a infância. Deve ser muito lindo Hogwarts... Lembro-me de uma festa quando eu era pequena e meus pais me levaram para participar de uma comemoração lá...
Lily baixou levemente a cabeça

Eles eram aurors... Não lembro bem se era um torneio... Se foi para condecorar algum professor... Mas lembro do gosto do suco de abóbora e do cheiro de grama fresca... Bem eu tinha apenas 5 anos... E depois nunca mais fui lá porque... Porque... Eles faleceram e eu viajei muito... Indo morar com meu guardião Gustav, também auror do Ministério.. Bem... O que espero é ser feliz l

Talita,encarava a menina a sua frente, quando ela falou ovamente

Eu adorei seu gato Talita.. Também tenho um gato e uma coruja, mas apenas trouxe a coruja, talvez Gustav mande meu gato da França... Não sei..

NOssa Lily,que legal.A coruja,meus pais acham que é meio irresponsabilidade ter uma, alem de meu irmão,já querer uma para ele, então entramos no acordo de só eu ter um gato!

Ela deu um sorriso meio torto e ficou olhando Juh,brincar com Millo, ouviu Lily, brigar com alguem,mas ela a nem ouvia seus pensamentos estavam na sua casa agora

Off:Hreter toh com dó de vc viu! responde a Lily, moço! huashuas
Off:É Bruna 3 paginas e só 2 post! Vai entender!¬¬
Fala Narração Pensamento Outro personagem Off

RPG: Shopie Lionor

Image
User avatar
*Bruna WP*
Destruindo o diário de Riddle
Destruindo o diário de Riddle
Posts: 493
Joined: 21/05/07, 13:06
Sexo: Feminino
Estado: RJ
Casa: Grifinória
Location: Na casa dos Cullen

Post by *Bruna WP* »

Narração
Fala
Pensamento
Fala de outro personagem

_Como eu mencionei Bruna, sou primeira anista, e não sei que casa irei, mas tenho a leve idéia de que vou para a Grifinória já que toda minha família sempre freqüentou aquela casa.

Tomara que você vá para a Grifinória Lily... assim fica na mesma casa que eu - sorri para a menina

Sr. Hreter!! Se não falares comigo ou não der uma explicação coerente, irás se ver comigo... E tenho dito!!

Bruna abafou o riso com as mãos... Era impressionante o quanto a menina parecia segura, e brava também.

Bruna preferiu não se meter na briga dos dois e ficou olhando a ponta dos cabelos como se aquilo fosse a coisa mais interessante em todo o trem.


Será que esse ano vou fazer novos amigos? Onde está o Adonis, não o vi quando cheguei... será que alguma coisa aconteceu? O que será que eles vão pensar quando souberem que repeti?

Enquanto Bruna mexia nos cabelos infinitas perguntas invadiam sua mente.

off: povo dessa camine ficou quietinho agora... :roll:
off²: Sr. Fidelis... volte logo p/ a cabine!!
off³: não posso me perguntar o q aconteceu com o meu amigo Alkin pq ele agora eh professor
Família WP
Filha de: Lily Weasley Potter e Vinnie
Mãe de: Karen [email protected], Fidelis Patronum, Kaone, Daya Mckinnon e Flavio xX
Madrinha de: Prizita WP



Image Image Image


The Evans
Image
User avatar
Yuna Urahara
[Professor-RPG]
[Professor-RPG]
Posts: 94
Joined: 06/11/07, 08:40
Sexo: Feminino
Estado: SP
Casa: Corvinal
Location: Far Far Away^^

Post by Yuna Urahara »

"- O prazer é meu, Srtª Urahara. Serei seu professor de História da Magia se, é claro, estiver disposta a aprender. - disse sorridente - Bom, como ainda não estamos em classe, abandonemos as formalidades da fala, né, Yuna? "

*Yuna sorriu alegremente, esperava realmente se dar bem em Hogwarts e sempre fora prestativa nos estudos, depois das formalidades Renan virou-se para Gaby tentando ter uma conversa mais seria*

"- By, você perguntou por onde andei né... Bem, é muito longo para explicar agora. Mas posso adiantar de que eu dei sim sinais de vida. Muito mais palpáveis do que possa imaginar. - proferia esboçando um sorriso um tanto quanto enigmático - Lembra-se das poções azuladas? "


"*Gaby arregalou os olhos para Renan, indignada*
- POÇÃO AZULADA RENAN! POÇÃO AZULADA! VC QUER COMPARAR ISSO COM A SUA PRESENÇA!? GRRRRRRRR que irmão desnaturada Merlim que irmão desnaturado! Cade aquele menininho que não conseguia durmir a noite!? Cadeeee?? Ele ja não liga mais para sua irma! *Gaby abaixou a cabeça por um instante, logo levantou e sorriu maldosamente para o irmão* - Devido a isso, caro professor, somado com a saudade que eu estou, terei que te castigar... *Os olhos de Gaby brilhavam quando ela olhou para o irmão, e de uma forma que nem ela sabia explicar como, pulou nas costas do irmão e mordeu sua orelha, enquanto rosnava*"


*No entanto Yuna desacreditou na atitude de Gaby, sentiu seu rosto ruborizar, de fato a garota não gostaria de estar na pele de Renan*

"- Morra traidoraaaaa!!! - dizia com um sorriso completamente alienado - Vai me pagar por esse castigo injusto, sua mortal! "

*Nesse momento Yuna sentiu sua face pegar fogo, ela era realmente timida e neste momento já sentia piedade por Renan*

"Pobrezinho, imagino como foi sua infancia no lado de Gaby, ele parece ser tão reservado, e Gabu é totalmente o oposto^^. Mas tambem aposto que deve ter sido muito divertido, estar ao lado da oneessan é sempre divertido, não importa o motivo!"
*Renan ficou visivelmente muito timido ao ver Yuna e tentou se recompor ao máximo*

"- Cof, é... bem... - dizia ainda contemplando os próprios pés - Eu não tinha te esclarecido o que continham aqueles frascos né?"

*Neste momento a atitude de Gaby mudou, ela ficou mais séria e centrada e começou a soltar os cabelos*

"- Realmente vc não chegou a comentar, mas te conhecendo como conheço, mais o efeito que a poção produz a quem toma, eu não acharia absurdo que naquele frasco contenha, algo da sua propria essencia, o que alias me intriga muito... adoraria saber como fez a poção, e realmente seria muito util se vc me falasse, tanto tempo como curandeiro de Hogwarts, creio que vc pode ter muito a me passar, Nan...."

*Yuna não entendia muito do que eles estavam falando, sentou-se tentando acalmar a agitada Ichigo enquanto eles conversavam*

"Agora eles realmente estão falando serio! Poção azulada... poção azulada... Ah! Lembrei, foi o que Gabu onessan deu para Ana quando ele realmente estava mal!!! O que será aquilo???"

*Yuna ficou em silencio, ouvindo a conversa dos dois, tenatnado não ficar completamente perdida*
Professora de Transfiguração

Image
Em caso de dúvidas ou reclamações me mande uma MP

Image
Clica em mim^^
__________________________________
Spoiler
*ação/narração*
fala Yuna
(pronuncia - tradução)
"pensamento Yuna"
outro personagem
User avatar
Jho Pertif
Conjurando o Patrono
Conjurando o Patrono
Posts: 735
Joined: 28/09/07, 16:47
Sexo: Feminino
Estado: SP
Casa: Lufa-lufa
Last.fm: www.lastfm.de/user/infra_vermelho
Micro Blog: www.twitter.com/krasucki
Location: Entre o Monitor e a Cadeira

Post by Jho Pertif »

- Sim, sim...Papai anda meio ocupado, sabe? Minha mãe, bem...sabe como é, sem notícias dela. Minha irmã está bem! Conseguiu um emprego no St. Mungos! E não recebemos nenhuma carta... a Abigail ficou doente outra vez?

Katerina falando de boca cheia, se inclinou para ver a corujinha de Jho e notou que estava bastante abatida.

- Deve ser por causa da viagem, quando chegar no castelo eu a tiro da gaiola
Dizem que lá tem um ótimo lugar para corujas


*Diz enquando via Abigail abrindo e fechando as asas*

- Quando será que iremos chegar, mal vejo a hora para o banquete
Vou trocar de vestes enquando isso, me esperem aqui.


*Anda para a porta da cabine a procura do compartimento para se trocar*
User avatar
Lingmor Beluga
Com a Pedra Filosofal
Com a Pedra Filosofal
Posts: 124
Joined: 21/08/07, 19:38
Location: In Sana

Post by Lingmor Beluga »

Jho Pertif wrote:- Quando será que iremos chegar, mal vejo a hora para o banquete
Vou trocar de vestes enquando isso, me esperem aqui.


Não precisa se apressar ainda falta um pouco.

Já que nenhuma das meninsas respondera Lingmor adentrou a cabine. Arrumou seu malão num canto e sentou-se junto a janela. Sorriu para as meninas e perguntou-se por que não encontrara nenhum conhecido ali. Será que as crianças de sua idade, que conhecia, não iam para Hogwarts? Olha para as maninas pela primeir vez de verdade e observa seus rostos.

Olá! Para que casa gostariam de ir? Eu quero Sonserina, a casa de toda a minha família!

Sorri triunfalmente. Aquilo era um orgulho. Tinha certeza absoluta que pertenceria a casa verde e prata. Seus pais e os pais de seus pais pertencerão, ele não seria exceção. Ainda sorridente observa as meninas[/quote]
Image


Um dia alguém me vencerá.
...
Não hoje.
...
Não agora.
...
Nem você!



~~~~~~~~~~~~~~~~~~


Narração
Fala do personagem
Pensamento do personagem
User avatar
Bea
Na Copa Mundial de Quadribol
Na Copa Mundial de Quadribol
Posts: 1227
Joined: 24/07/04, 14:40
Sexo: Feminino
Estado: Portugal
Casa: Corvinal
Facebook: http://www.orkut.com/Profile.aspx?uid=5 ... 2473208873
Blog: http://srtamini.tumblr.com/
Micro Blog: http://twitter.com/beabolacha
Photos: http://www.flickr.com/photos/srtamini/
Location: Netuno
Contact:

Post by Bea »


    Narração
    Fala
    Pensamento
    Outros personagens


    Foi completamente pega de surpresa ao sentir Raven se segurar em suas vestes por ter perdido momentaneamente o equilíbrio. Suportou o peso da professora, a amparando o melhor que pôde. Nem um singelo "obrigada" recebeu, pelo contrário. Raven a fuzilou com os olhos e Beatrice mordeu a língua para se conter e não verbalizar o pensamento que lhe ocorria:

    E ainda me olha como se a culpa fosse minha! Francamente, até parece que fui eu quem tive a infeliz ideia de arrancar o chão da cabine...

    Suspirou, resignada com as grosserias de Raven que se afastava caminhando altivamente. Sem qualquer aviso prévio, a bruxa cambaleou, levando a mão ao estômago, onde provavelmente tinha sido atingida por algum feitiço de Renan. O mestre de História da Magia falava alguma coisa sobre contextualizar a prudência a qual Beatrice não deu qualquer atenção. Estava pouco se importando com suas teorias sobre prudência. Revirou os olhos antes de seguir Raven, entrando na cabine logo depois dela. A bruxa estava jogada no assento, mostrando claramente que não estava passando muito bem.

    - Eu não falei para você... Ah, é você.

    Vendo que Raven não lhe prestava qualquer atenção, fechou a porta da cabine, enquanto comentava tranquilamente:

    - Segunda vez que você me confunde com um aluno. Tem assim tão pouco talento para calcular idades? - sorriu. Seria ela que parecia muito jovem? Para ela, seus tempos de estudante estavam tão longínquos, que não entendia como a outra a pudera confundir com uma aluna. Se sentou no banco em frente de Raven, pegando a varinha largada da outra.

    - Como você se sente? Me ofereceria para ajudar mas sou péssima em qualquer tipo de feitiço de cura. De qualquer modo, deveria ser mais prudente. Ficar desarmada perante uma bruxa adulta com quem ainda não foi nem um pouco simpatica, pode não ser uma atitude muito inteligente. Sua sorte é que eu nem sou vingativa - devolveu a varinha a Raven. Aproveitou para abrir um pouco a janela. Apesar de, no momento, se sentir perfeitamente bem, não queria voltar a enjoar, principalmente na frente de Raven, que muito provavelmente, consideraria uma enorme fraqueza de sua parte.

    Ficou em silêncio algum tempo, observando com uma expressão sonhadora a paisagem que passava rapidamente na janela.


    - Porque você não gosta de mim, Eiluned? - perguntou sem pensar direito. Assim que ouviu sua própria pergunta se arrependeu de a ter feito. Que importava afinal? Não estava ali para fazer amizades ou algo assim. As amizades que fizera ao longo da vida só lhe tinham trazido problemas. Evitou encarar a outra, fixando seu olhar na parede à sua frente como se houvesse algo realmente interessante lá. Fechou os olhos durante segundos. Quando abriu, o seu queixo caiu. Diante de si estava o fantasma de um bruxo bastante jovem ainda.

    Sabia perfeitamente que em Hogwarts era perfeitamente habitual existirem fantasmas. Só não esperava encontrar um em pleno trem. Olhou confusa para Raven.


    - Er... Oi. Quem é você? - ela perguntou se virando para o fantasma que parecia sem fala - Eiluned, conhece esse senhor?


Last edited by Bea on 10/01/08, 14:42, edited 2 times in total.
User avatar
Katerina B.
Conhecendo A Toca
Conhecendo A Toca
Posts: 232
Joined: 24/11/07, 21:32
Sexo: Feminino
Estado: Reino Unido
Casa: Sonserina
Location: Sonserina

Post by Katerina B. »

- Deve ser por causa da viagem, quando chegar no castelo eu a tiro da gaiola. Dizem que lá tem um ótimo lugar para corujas. - Jho dizia, enquando via Abigail abrindo e fechando as asas.

- Pobre Abigail! Espero que Hogwarts tenha veterinários e bons corujais.

- Quando será que iremos chegar, mal vejo a hora para o banquete. - era Jho, impaciente - Vou trocar de vestes enquando isso, me esperem aqui.

Katerina franziu as sobrancelhas, tirando da mala uma ampulheta muito estranha e engenhosa, repleta de números, marcadores e estreitamentos por onde filetes de areia escorriam paralelamente.

- Não é um pouco cedo pra isso? - perguntou, tarde demais. Jho já estava em outro compartimento, se vestindo.

Ela olhou as outras pessoas do vagão, sem graça, e guardou sua ampulheta. Nesse exato momento, um menino de ar esnobe fez-se entrar na cabine e se pronunciou, simpaticamente:

- Olá! Para que casa gostariam de ir? Eu quero Sonserina, a casa de toda a minha família!

Katerina fitou-o com a mesma expressão indefinível e um tanto constrangedora de sempre. Então abriu a boca.

- Olá. Meu nome é Katerina Blazek, é um prazer...er...qual é seu nome mesmo? - sorriu, abobada. - E a Sonserina parece ser um bom lugar. Pelo menos é o que minha irmã sempre diz; quer dizer, minha mãe era sonserina e minha irmã também. Acho que tenho grandes chances de ser escolhida para lá também, não concorda?
User avatar
Lingmor Beluga
Com a Pedra Filosofal
Com a Pedra Filosofal
Posts: 124
Joined: 21/08/07, 19:38
Location: In Sana

Post by Lingmor Beluga »

Katerina wrote:- Olá. Meu nome é Katerina Blazek, é um prazer...er...qual é seu nome mesmo? - sorriu, abobada. - E a Sonserina parece ser um bom lugar. Pelo menos é o que minha irmã sempre diz; quer dizer, minha mãe era sonserina e minha irmã também. Acho que tenho grandes chances de ser escolhida para lá também, não concorda?



Lingmor Baluga. A Sonserina É um bom lugar, sinto-me feliz que queira ir para lá, certamente irei. Minha família está na Sonserina desde os tempos em que a escola foi fundada, nenhum membro sequer deixou de ir pra lá. Não há de ocorrer o oposto comigo e nem com você.

Lingmor falava com tamanha certeza. Para ele aquilo era assunto encerrado, sua casa foi escolhida no berço, pré-destino. Também, não queria ir para outro lugar senão a Sly. A menina a sua frente parecia ser boa pessoa um pouco bobinha talvez. Mas nada que pudesse atrapalhar.

Ahh, devo parar com isso. Não é boa coisa ficar tirando conclusões precipitadas sobre os outros.

Quer um doce? Alguma coisa? Começo a ter fome, vou comprar algo no carrinho.

Lvanta-se e vai para o corredor em busca do carrinho de doces. Muitos alunos já usavam as vestes habituais de Hogwarts. Ele ainda estava com suas vestes normais. No carrinho comprou algumas guloseimas e bebidas. Volta sem pressa à cabine. Ali dispões suas compras a sua frente e sorri para Katerina.

Está ai, se quizer é só pegar!
Last edited by Lingmor Beluga on 10/01/08, 14:04, edited 2 times in total.
Image


Um dia alguém me vencerá.
...
Não hoje.
...
Não agora.
...
Nem você!



~~~~~~~~~~~~~~~~~~


Narração
Fala do personagem
Pensamento do personagem
Locked

Return to “Arquivo de RPs”