[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Notice: in file [ROOT]/includes/session.php on line 2199: Array to string conversion
[phpBB Debug] PHP Warning: in file [ROOT]/includes/functions.php on line 4731: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at [ROOT]/includes/functions.php:3815)
[phpBB Debug] PHP Warning: in file [ROOT]/includes/functions.php on line 4733: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at [ROOT]/includes/functions.php:3815)
[phpBB Debug] PHP Warning: in file [ROOT]/includes/functions.php on line 4734: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at [ROOT]/includes/functions.php:3815)
[phpBB Debug] PHP Warning: in file [ROOT]/includes/functions.php on line 4735: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at [ROOT]/includes/functions.php:3815)
Grimmauld Place • Exibir tópico - Ruas de Hogsmeade

Ruas de Hogsmeade

RPs antigas? Histórias que quer rever? Subfórum destinado ao arquivamento dos tópicos de jogo do RPG. Você veio ao lugar certo!

Moderador: RPG

Ruas de Hogsmeade

Mensagempor Storyteller » 09/10/08, 22:31

Ruas de Hogsmeade

***



Um passeio de fim de semana em Hogsmeade é diversão garantida. Os alunos a partir do terceiro ano que foram devidamente autorizados por seus responsáveis podem desfrutar de passeios pelo povoado, seja para degustar doces, se deliciar com uma boa cerveja amanteigada ou simplesmente pegar um pouco de ar fresco.

As ruas são pouco largas e aconchegantes e costumam estar cheias de estudantes na época das visitas ao povoado. As ruas principais dão acesso a uma variedade de estabelecimentos bastante populares como o Três Vassouras, Zonko’s e Dedosdemel. Porém, ao andar por caminhos mais obscuros, os estudantes podem encontrar locais suspeitos como a Casa dos Gritos e o Cabeça de Javali.
Avatar do usuário
Storyteller
[Professor-RPG]
[Professor-RPG]
 
Mensagens: 292
Registrado em: 28/05/08, 00:57
Cash on hand: 0.00
Sexo: Masculino
Estado: EUA


Re: Ruas de Hogsmeade

Mensagempor Nana » 19/11/08, 15:19

A manhã tinha cheiro de travessura, e o trio que seguia aos cochichos e gargalhadas o caminho ate Hogsmeade parecia estar em perfeita sintonia. Desde que Sheu e João Mariano ( a quem ela carinhosamente chama de JM) haviam se transferido para Hogwarts, eles se tornaram inseparaveis.
Ao chegarem ao vilarejo eles continuaram andando pelas ruas, conversando sobre as diferenças dos lugares de onde vieram e rindo pelas ultimas coisas acontecidas.

Haha mas claro que você não viu a goles, você tava pendurado na arquibancada. Hahahahaha

A garota estava com os olhos rasos d'agua de tanto rir da cena do ultimo jogo de quadribol da semana. Ela e Sheu viram JM quase despencar da platéia por causa de uma distração.

Não fosse a Sheu você estaria na enfermaria agora....


Os passeios a Hogsmeade eram uma diversão maravilhosa para o trio, pois eles estavam empenhados em tirar notas boas e irem bem nos NOMS. Era nesses momentos de lazer que eles falavam sobre assuntos pessoais que só eles tinham conhecimento.
Nana sentia-se extremamente bem na presença dos dois.
Imagem

Eu tenho Mal De Pattinson
Avatar do usuário
Nana
Conjurando o Patrono
Conjurando o Patrono
 
Mensagens: 863
Registrado em: 12/06/08, 22:33
Cash on hand: 526.00
Sexo: Feminino
Estado: MG

Re: Ruas de Hogsmeade

Mensagempor Sheu » 19/11/08, 15:33

Sheu caminhava ao lado de Nana, gargalhando sobre o acontecido. Seu abdômen doía de tanto rir e seus olhos, como de sua prima, estavam umedecidos pelas lágrimas. Ela e o irmão tinham feito a melhor coisa ao pedir trasferência para Hogwarts este ano. Os três estavam inseparáveis desde então e Hogsmeade era realmente um excelente lugar para se passar o tempo livre.

- Não fosse a Sheu você estaria na enfermaria agora....

Ela olhou para o irmão que já fazia seu típico bico de hipogrifo desgostoso com a conversa.

- Verdade, Nana. Você está me devendo sua vida, Jão. E quando chegar a hora eu vou te cobrar.

Disse tudo com muita seriedade e suspense na voz. Olhou para a prima ao lado e começaram a rir, mais uma vez. Sheu olhava para as pequenas casas enfileiradas desta vila com uma curiosidade acima do normal, pois de onde vinha, locais assim eram uma raridade.

- Sabe, na nossa outra escola, a McAquary, não tinha nada disso. Ela fica submersa, a 237km da costa da Austrália e, por isso, nunca tinha ninguém por perto. Isso aqui é diferente...e é tudo muito legal. Fico muito feliz por estarmos aqui, juntos.

E lançou um olhar significativo para o irmão.

_____________________________________________________________________________________________
fala ~ pensamento ~ narração ~ outros personagens ~ off
Spoiler
RPG
fala ~ *pensamento* ~ narração ~ outros personagens
Avatar do usuário
Sheu
Conjurando o Patrono
Conjurando o Patrono
 
Mensagens: 819
Registrado em: 19/05/08, 19:33
Cash on hand: 2,631.00
Localização: Tentando descobrir a senha da Mulher Gorda e voltar para Grifinória
Sexo: Feminino
Estado: BA
Casa: Grifinória

Re: Ruas de Hogsmeade

Mensagempor João M. Castells » 19/11/08, 16:02

Com o olhar de Sheu, João arregalou seus enormes olhos castanhos e sacudiu afirmativamente a cabeça. Porém estava pensativo no que sua irmã lhe disse: ...Você está me devendo sua vida, Jão. E quando chegar a hora eu vou te cobrar.
Aquela ideia não lhe agradava muito. Mas quando cruzaram em frente a Zonko's João gritou entusiasmado:

-OLHA ESSA LOJAAAAAAAA, VAMOS ENTRARR

Off: Dentro da zonko's
fala ~ pensamento ~ narração ~ outros personagens ~ off

Imagem
Spoiler
.Imagem
Avatar do usuário
João M. Castells
Com a Pedra Filosofal
Com a Pedra Filosofal
 
Mensagens: 103
Registrado em: 08/10/08, 13:57
Cash on hand: 33.00
Sexo: Masculino
Estado: RS
Casa: Grifinória

Re: Ruas de Hogsmeade

Mensagempor Nana » 22/11/08, 13:42

CORRE, CAMBADAAAA!!!!

Sheu gritou e desesperadamente os três saíram de volta para as ruas de Hogsmeade.

OFF: vamos de volta pra rua de Hogsmeade, galera


Eles sairam em disparada mais uma vez pelas ruas da vila, Nana a frente puxando Sheu pelas mãs e JM desembestado, totalmente sem noção do que fazer.
As pessoas ao redor já observavam o trio correndo pela rua, basicamente sem sentido.
JM desculpa ter falado contigo assim.
Nana virou-se bruscamente e quase deu um encontrão em Sheu.
Ai Sheu desculpa! Hahaha você está tão engraçada correndo. hahahaha
Nana soltou a mão da menina e se curvou com as mãos na barriga, a corrida seguida da risada causou uma certa dor.
Ela olhava em volta enquanto tentava recuperar o ar, e viu ali a frente a Dedos de Mel.
Ahh vamos na Dedos, preciso comprar feijoezinhos.. os meus basicamente acabaram. Me disseram pra nao comer aqueles que sobraram pq são vomito...Alias, foi o JM quem disse, e ficou com o saco...
Ela olhou para o guri que parecia um pouco desconcertado com as ultimas palavras dela.
JM! Seu descarado! Você ficou com o saco pra come-los né? Não ten gosto ruim coisissima nenhuma né?
Ela chegou perto dele deu-lhe um tapinha de leve na testa.
Moleque, me aguarde!
Dizendo isso ela segui a rua em direção a Dedos.
Imagem

Eu tenho Mal De Pattinson
Avatar do usuário
Nana
Conjurando o Patrono
Conjurando o Patrono
 
Mensagens: 863
Registrado em: 12/06/08, 22:33
Cash on hand: 526.00
Sexo: Feminino
Estado: MG

Re: Ruas de Hogsmeade

Mensagempor João M. Castells » 23/11/08, 00:00

O dia estava tão lindo, o vento suave e as belas nuvens que estavam no céu, branquinhas como algodão,formavam um cenário perfeito para um dia de zoação...
as ruas de hogsmead estavam aparentemente vazias, as casas abertas como de costume, e fumaça saindo de algumas chaminés formavam uma bela vista pra quem via o vilarejo com olhos artísticos.
o lugar estaria calmo se não fosse um certo trio q por ali passava correndo e rindo muito alto.
-JM! Seu descarado! Você ficou com o saco pra come-los né? Não tem gosto ruim coisissima nenhuma né? Disse Nana.
Ela chegou perto dele deu-lhe um tapinha de leve na testa.
Dizendo isso ela segui a rua em direção a Dedos. Joao, que estava meio confuso e surpreso com a atitude de nana, correu logo atrás dela, quando se aproximou pode ver que no fim da rua havia algo meio estranho,mesmo achando suspeito ignorou e pulou nas costas de Nana.Com o solavanco os dois cairam no chão.
Ao abrir a porta, o atendente da dedos de mel se deparou com aquela cena meio estranha e não segurou o riso. Com isso João levantouu e fazendo cara de sério falou:
- err.. boom.. essa pedrinha sem vergonha me fez tropeçar!e com uma cara de sem vergonha olhou novamente para o fundo da rua, agora o entardecer estava pairando sobree nossas cabeças, a luz do dia estava indo embora e a noite vinha com tudo como se fosse dominar o mundo com sua escuridão. João sentiu então seu coração bater muito forte quando viu que estava totalmente paralisado olhando uma rua vazia, por alguns instantes pude ouvir o som de cavalos relinchando e troteando para longe. Engoliu a seco e sentiu como se facas estivessem descendo pela sua garganta, não sabia o que realmente era mas se sentia estranho quando finalmente ouviu seu nome e...lembrou-se que Nana disse dos feijoeszinhos e respondeu:

- Nãão mesmo, os últimos são os melhores! e olhou para ela com uma cara de safadenhoo, tirou o saco de feijoeszinhos o bolso e comeu os úiltimos e ficava provocando dizendooo

-Huuuuummm, quee bom este, é de morango com chocolate suíço! e este então, huuuuuuuuuuuuuummm, deliciaaa com gosto de vômito bléééééé
e cuspiu tudo no chão,justamente quando sua irmã estava passndo perto e voaram nela vestígios de cuspe.
Rindo como sempre João apenas pediu desculpas e limpou a boca nas vestes da irmã.
fala ~ pensamento ~ narração ~ outros personagens ~ off

Imagem
Spoiler
.Imagem
Avatar do usuário
João M. Castells
Com a Pedra Filosofal
Com a Pedra Filosofal
 
Mensagens: 103
Registrado em: 08/10/08, 13:57
Cash on hand: 33.00
Sexo: Masculino
Estado: RS
Casa: Grifinória

Re: Ruas de Hogsmeade

Mensagempor Sheu » 23/11/08, 00:41

Nana corria liderando o trio em fuga alucinada, segurando Sheu pelas mãos. A garota fazia o possível para não tropeçar nas pernas da prima logo à frente, o que fazia a sua corrida hilária para quem via. A garota corria com as pernas arqueadas, extremamente desengonçada e dava pulinhos para evitar encontrões com a prima. Nana, quando notou a forma como Sheu corria, parou bruscamente e quase deu um encontrão.

Ai Sheu desculpa! Hahaha você está tão engraçada correndo. hahahaha

Ha, ha, ha! - disse desgostosa - Estou achando muita graça. Pois saiba que eu estava parecendo um centauro azarado por um feitiço de dança porque eu não queria que a gente caísse.

Sheu torceu o nariz e cruzou os braços. Nana parecia se divertir mais com a prima desengonçada do que preocupada com alguém da Zonko´s encontrarem eles ali. Por fim, Sheu também se entregou à diversão do momento e começou a rir de si mesma e da pequena aventura que tiveram. Apoiou as mãos no joelho, cansada com o pique que deram e de tanto rir. Limpou uma lágrima teimosa no canto do olho com o punho e viu Nana fazer uma expressão de fome. Logo em seguida, a prima pediu para que fossem na dedos de mel, pois seu estoque de feijõezinhos tinham acabado.

Ahh vamos na Dedos, preciso comprar feijoezinhos.. os meus basicamente acabaram. Me disseram pra nao comer aqueles que sobraram pq são vomito...Alias, foi o JM quem disse, e ficou com o saco...
JM! Seu descarado! Você ficou com o saco pra come-los né? Não tem gosto ruim coisissima nenhuma né?


A garota sorriu e balançou a cabeça negativamente para a prima, achando muita graça de tudo isso. Sorriu largamente quando Nana deu um pedala frontal no irmão.

- Ai, Nana! Só você mesma pra cair nos contos do Jão, sério! Ele não mudou, não. Desde o tempo em que ele dizia que se você não pegasse o sapo de chocolate antes do primeiro pulo, ele virava um doce amaldiçoado que fazia lavagem no estômago, eu não caio mais nessas coisas dele.

Dito isso, Nana tomou a direção da Dedos de Mel, com Jão correndo e pulando na prima, o que os levou ao chão. Sheu já se lascava de rir da situação quando sentiu algo estranho e olhou ao redor. Tudo parecia estar em ordem, contudo a garota percebeu quando uma página rasgada do Pasquim, jogado no chão, mudou abruptamente sua trajetória. O vento havia mudado de direção, apontando para o leste. Instintivamente ela direcionou o olhar para o final da rua e sentiu como se seu sangue tivesse congelado.

Parecia noite. Não, a noite estava apenas chegando e com a ela parecia que a escuridão ameaçava dominar o mundo. O coração da garota acelerou, num ritmo que ela não conseguia acompanhar. Bem perto, um outro som parecido a ajudava a acompanhar o galope de cavalos em disparada. Eles os perseguiam. Mas não era homens montados, eram centauros. Contudo, havia alguém ali. Alguém que não pertencia ao local, que não se encaixava, que parecia em fuga. Ele usava um capuz tão escuro como a noite e se camuflava em meio aos seres mágicos. O coração da garota tentou acelerar, ansiosa que ela estava por alcançar o grupo, alcançar aquele que era diferente, mas foi inútil. Eles desapareceram em direção ao luar que surgia.

O vento voltou a sua posição normal e a garota ainda arfante, pôs a mão no coração. Olhou para o irmão diante de si, que parecia engolir a seco. Decerto, eles haviam presenciado a mesma cena. Era ele o outro coração galopante, ao seu lado. O que significava tudo aquilo? Sheu queria ter respostas para o que via, queria tentar relacionar com alguma coisa. Seria uma lembrança? Uma alucinação? Uma visão? Seu irmão parecia ainda paralizado com o que havia presenciado.

- João?

Parecendo recordar da discussão, anterior, ele frustrou qualquer tentativa da garota em se aprofundar na visão que apareceu para os dois, como uma névoa que pairava, antecipando a madrugada fria.

- Não mesmo, os últimos são os melhores!
-Huuuuummm, quee bom este, é de morango com chocolate suíço! e este então, huuuuuuuuuuuuuummm, deliciaaa com gosto de vômito bléééééé


Os respingos do feijãozinho com gosto de vômito foram como dardos certeiros para o cashemira amarelo-dourado de Sheu e ela surtou, esquecendo-se de tudo.

- Que nojo, garoto! Eca! Sai pra lá, sai! E nem pense em limpar a boca em mim. Saaaaaaai.

Não ouvindo o pedido da irmã e sorrindo como sempre, limpou a boca nas vestes dela. Bufando como um touro, ela saiu correndo atrás dele, azarando o irmão de todas as formas possíveis, até que o alcançou e lhe deu um legítimo e forte pedala, fazendo tropeçar e cair alguns metros adiante.

- Isso é para vc aprender, seu chato!

______________________________________________________________________________________________
fala ~ pensamento ~ narração ~ outros personagens ~ off
Spoiler
RPG
fala ~ *pensamento* ~ narração ~ outros personagens
Avatar do usuário
Sheu
Conjurando o Patrono
Conjurando o Patrono
 
Mensagens: 819
Registrado em: 19/05/08, 19:33
Cash on hand: 2,631.00
Localização: Tentando descobrir a senha da Mulher Gorda e voltar para Grifinória
Sexo: Feminino
Estado: BA
Casa: Grifinória

Re: Ruas de Hogsmeade

Mensagempor João M. Castells » 23/11/08, 01:11

- Isso é para vc aprender, seu chato!
logo após ouvir essa frase sentiu seus joelhos arderem como se tivessem em chamas. João sentou no chão, sacudiu o pó que estava em toda sua roupa e levantou as calças para ver o que estava acontecendo, quando viu seus dois joelhos ensanguentados gritou:


- aaaaaaaaaaai maninhaaaaaaa, snif, olha o que tu fezzz!! snif. tá duendoooo, snif snif


e assim começou a chorar como um bebê que acabara de se machucar. Ainda segurando as calças arremangadas pra cima lembrou-se do que tinha visto no fundo da rua, a dor pareceu passar ,suas mãos congelaram e a expresãão em seu rosto que era de dor, em um segundo , passou a um rosto fechado e sério.

...não era homens montados, eram centauros. Contudo, havia alguém ali. Alguém que não pertencia ao local, que não se encaixava, que parecia em fuga. Ele usava um capuz tão escuro como a noite e se camuflava em meio aos seres mágicos. O coração da garota tentou acelerar, ansiosa que ela estava por alcançar o grupo, alcançar aquele que era diferente, mas foi inútil. Eles desapareceram em direção ao lugar que surgia.

Lembrou-se daquilo no mesmo momento em que sua irmã o fitava com os olhos estranhamente fixados nos seus
olhos castanhos com lagrimas ainda. Sabiam com clareza que estavam sim sentindo a mesma coisa, porém não sabiam o que era estavam muito confusos apesar de terem muitaa legilimencia e uma conexão muitoo avançada entre eles os dois nunca haviam presenciado algo do gênero. Para evitar constrangimento sacudiram a cabeça afirmativamente juntos como se estivessem concordando em conversar sobre esse assunto depois. Mas como João não conseguia disfarçar as coisas,
ao levantar pegou sua varinha do bolso e viu que alem de seus joelhos, suas maõs também estavam cortadas, sem se importar muito apontou a varinha para Nana que estava de costas pros dois apreciando a vitrine da dedos de mel e falou baixinho:

- Abaffiato!


Abraçou sua irmã o mais forte possível e falou ao seu ouvido:


-Sei que também viu aquilo, não sei o que era, mas estou com medo! eu sempre falei que Hogwarts era mal assombrada e que coisas estranhas aconteciam aqui! Eu nunca quis ter vindo pra cá. A McAquary era milhões de vezes melhor!!


e com essas palavras tristes escorreram lágrimas quentes de seus olhos que encostaram na buxexa de sua irmã calmamente ,ela apenas abraçou João com força...
fala ~ pensamento ~ narração ~ outros personagens ~ off

Imagem
Spoiler
.Imagem
Avatar do usuário
João M. Castells
Com a Pedra Filosofal
Com a Pedra Filosofal
 
Mensagens: 103
Registrado em: 08/10/08, 13:57
Cash on hand: 33.00
Sexo: Masculino
Estado: RS
Casa: Grifinória

Re: Ruas de Hogsmeade

Mensagempor Sheu » 23/11/08, 02:08

aaaaaaaaaaai maninhaaaaaaa, snif, olha o que tu fezzz!! snif. tá duendoooo, snif snif

Por um momento Sheu se arrependeu por ter batido tão forte no irmão. Não era sua intenção que ele caísse. Assim que percebeu que ele tinha se ferido de verdade, quis um giratempo para que aquilo não tivesse acontecido. Ele levantou suas calças e ela pôde notar os joelhos ralados e alguns filetes de sangue que começavam a escorrer. Suas mãos também estavam raladas e os olhos amendoados do irmão estavam embebidos por uma água de tristeza e dor e aquilo apertava seu coração de uma forma estranha. E foi de uma forma estranha e fixa que se pegou olhando para ele, lembrando-se do que havia acabado de acontecer.

Contudo, havia alguém ali. Alguém que não pertencia ao local, que não se encaixava, que parecia em fuga. Ele usava um capuz tão escuro como a noite e se camuflava em meio aos seres mágicos.

De alguma forma, ela sabia que seu irmão estava pensando e sentindo a mesma coisa que ela. Embora muitos casos no mundo trouxa e dos bruxos, demonstram que a ligação de gêmeos é algo que surpreende, sempre, eles já haviam ultrapassado muito esta fase. Era uma conexão tão forte, que tornava quase impossível o imediato conato entre suas mentes. Eles sempre dividiram a mesma forma de ver o mundo. Apesar de tudo isso, aquela era a primeira vez que algo do gênero acontecia. Por que naquele instante? Por que naquele lugar? As perguntas sem respostas eram inúmeras e pareciam não ter nexo algum. Ela ainda encarava o irmão diante de si e ambos balançaram a cabeça de modo a concordar em discutir esse assunto depois. A atitude do irmão de apontar a varinha para Nana e lançar um feitiço não a surpreendeu, pois ela sabia que ele faria isso no exato momento em que pensou.

Sei que também viu aquilo, não sei o que era, mas estou com medo! eu sempre falei que Hogwarts era mal assombrada e que coisas estranhas aconteciam aqui! Eu nunca quis ter vindo pra cá. A McAquary era milhões de vezes melhor!!

Dito isso, lágrimas teimosas começaram a deslizar pela face confusa de João, que estava cheio de incertezas naquele momento. Sheu se aproximou do irmão e o abraçou, sentido suas lágrimas enconstarem em seu rosto. Ela também estava receosa e confusa, mas não podia se deixar abalar e desistir das coisas dessa forma. Foram tantos anos de luta e batalha... eles haviam, de fato, atravessado o mundo em busca de respostas e ela sabia, no fundo do seu coração, que aquilo valeria a pena. Estavam no lugar certo e na hora certa para aquela visão. O porquê ainda era um mistério. Apertou ainda mais forte o irmão contra o seu corpo e sussurou, mesmo sabendo que não era necessário falar tão baixo.

- Não podemos permitir que o medo nos tire de nossa jornada. Sei que as coisas são diferentes desse lado do mundo, mas nós lutamos para estar aqui e o medo não pode se o nosso adversário. A verdade está mais próxima do que nunca, meu irmão, eu posso sentir isso e sei que você também. Agora é a hora de ter fé e coragem no coração, porque não importa o que o futuro nos reserva, nós vamos lutar por ele.

Assim que terminou de falar, se afastou um pouco do irmão e carinhosamente enxugou suas lágrimas. Ela era a mais velha e sabia que nunca poderia fraquejar, pois era o suporte do irmão, depois de tudo o que haviam passado. Retirou sua varinha do bolso e apontou para as feridas do irmão.

- Episkey!

Logo, elas sararam e ela sabia que ele não sentia mais dor.

- Remendum!

E as roupas antes rasgadas e esfiapadas no lugar onde ele havia se ferido, voltaram a ficar novinhas em folha. Por fim, apontou para a prima, ainda distraída com as gostosuras da vitrine da Dedos de Mel.

- Finite incantatem.

Guardou sua varinha no bolso e estendeu a mão para o irmão que a acompanhou até Nana, que acenava e já entrava na Dedos de Mel. Os gêmeos Castells sabiam que um fato novo havia surgido e esta era sua pista seguinte: descobrir quem era aquela pessoa encapuzada no meio dos centaurus.

Off: Na Dedos de Mel....é com vc Nana....huahauhauhauahu...Mando meeeesmo!
______________________________________________________________________________________________
fala ~ pensamento ~ narração ~ outros personagens ~ off
Spoiler
RPG
fala ~ *pensamento* ~ narração ~ outros personagens
Avatar do usuário
Sheu
Conjurando o Patrono
Conjurando o Patrono
 
Mensagens: 819
Registrado em: 19/05/08, 19:33
Cash on hand: 2,631.00
Localização: Tentando descobrir a senha da Mulher Gorda e voltar para Grifinória
Sexo: Feminino
Estado: BA
Casa: Grifinória

Re: Ruas de Hogsmeade

Mensagempor Anna Potter » 01/12/08, 10:01

Uma linda manha desabraxova a fente dos olhos mel da garota que caminhava calmamente. Anna McLiann enfim estava em Hogwarts enfim iria cursar a escola da qual tinha tanta admiração e curiosidade e da qual também tinha alguma fama para seu total desgosto... Um novo McLiann em Hogwarts!!! Isso não é fabuloso!!! É incrivel como as coisas assumem sempre o seu verdadeiro posto não? Lembrou-se das satisfeitas palavras de sua avó Scarlett no dia anterior a sua chegada a escola

Oh céus como se o simples fato de mudar de escola não fosse dificil o suficiente

Anna exclamou pra si mesma com um certo mau humor que ja lhe era peculiar pelas manhas. O que não seria diferente naquela ainda mais quando estava recordando da ultima das famosas brigas de Scarlett McLiann com Hellen Scott .Sua avó paterna e sua mae tinham realmente o dom de estragar o prazer da garota , ela estava se trsnsferiindo pra Hogwarts Merlin é Hogwarts sera que elas não veem a imposrtancia disso pra mim ao inves de volatr a discutir o raio do meu sangue acrescentou mentalmente enquanto adentrava o vilarejo de Hogsmeade. Estava cansada daquelas discussoes familiares de se achar importante ou não por ser uma McLiann ou de se achar fraca ou não por ser mestiça ao inves de sangue puro como o seu sobrenome sugeria.

Elas que se explodam como um bom Confringo isso sim desabafou mais uma vez

Andou mais rapido agora qeria chegar logo a Dedosdemel Eu mereço chocolates pensou carinhosamente parafraseando seu pai. Philip McLiann era ralmente um bom pai para a garota amavel e compreensivo até um certo ponto Anna lembrou também. Seu pai sempre lhe cobrava quando o assunto era magia queria que a filha fosse melhor em tudo não por ser uma McLiann mais simplesmente por ser ela o que assustava Anna afinal porque seu pai lhe depositava tanta confiança As vezes papai lembra a vó Emily e aquela mania dela de dizer que sou especial riu desse pensamento ao mesmo tempo que se aproximava da loja de doces Anna se sentia a vontade de certa forma em Hogwarts e Hogsmeade não que ela não conhecesse obvio que ela ja tinha vindo ali com sua avó Scarlett quando era mais nova mais havia algo a mais pensou que talvez fosse a magia do local claro era isso a magia era boa poderosa ela podia sentir Fechou o ultimo botão de sua camisa vermelha que teimava em se abrir riu-se de novo sozinha o que sua vó falaria se a visse vestida de uma forma tão ...trouxa justamente em Hogwarts Anna desfilava com uma calça jeans surrada um all star vermelho que combianava com sau camisa de botoes seus cabelos vermelhos como o fogo estavam soltos bagunçados e desfiados até a altura de seus ombros Simples como qualqer um vangloriou-se ao mesmo tempo qie observava 3 garotos correndo e rindo pela ruas e quando os observou parar não muito longe de onde estava sentiu um calafrio forte e institivamente olhou para o final da rua não vendo nada para sua decepção ..mais havia algo ali ela sabia olhou aqueles 3 garotos ali perto 2 deles olhavam fixamente pra a mesma direção Eles estão vendo!! Mais o que eles estão vendo? com esse pensamento intrigado entrou de vez na loja precisava ainda mais daqueles chocolates

...


OFF weeeeeeeeeeeeeeeeeee /o/
meu 1° post rpgeando ^^
ta eu sou horrivel u.u' ~morri
mais eu nunca fiz isso então se qiser me dar um toqe me manda um mp please [-o<
post dedicado a sheu ~agarra sheu e a lily ~faz reverencia
elas me insentivaram a postar \o/

OFF² indo pros jardins de hogwarts /o/
Noivenha da Bety *__*

Imagem

"When you looked at me the first time, my heart skipped a beat. It wasn't your scar, it wasn't your power, and it wasn't because you were famous…" I repositioned myself to gaze into his face. "I think it was your eyes."

Harry e Gina Por vocês eu sempre esperaria <3
Avatar do usuário
Anna Potter
Conhecendo os Marotos
Conhecendo os Marotos
 
Mensagens: 586
Registrado em: 28/07/08, 08:35
Cash on hand: 8.00
Localização: divindo um edredon com a noiva (L)
Sexo: Feminino
Estado: Reino Unido
Casa: Corvinal

Re: Ruas de Hogsmeade

Mensagempor Gui M. » 10/12/08, 12:02

    Seus pés o levavam para o incerto, o desconhecido. Caminhava sem ao menos se dar conta de onde estaria indo afinal; apenas queria sair dali. Ao seu lado, carregava uma mala exageradamente cheia, a qual continha todos os seus pertences adquiridos durante seus dois anos de estadia em Hogwarts. Passava por entre bruxos contentes e alegres, emoções essas que não habitavam o garoto a muito tempo. Desde aquele dia em que... enfim... Guility McKinnon já não era mais o mesmo de antes.

    As vitrines das lojas de Hogsmeade já não o chamavam tanta atenção como antes. Os anúncios dos recentes jogos de quadribol também não faziam nenhum efeito ao garoto - ao invés disso, ele sentia repulsa por tudo aquilo. Repulsa que o mesmo não sabia como explicar. Simplesmente tudo a sua volta já não lhe agradava mais... até mesmo a brisa refrescante que sentia ao andar pelas ruas de Hogsmeade o incomodava intensamente. Tudo isso era muito estranho, é claro, mas não passava da mais pura e infeliz verdade.

    A solução encontrada por ele? Ir embora antes que ele começasse a sentir raiva de si mesmo.

    Seria algo quase improvável de se acontecer, mas se as coisas continuassem do jeito que estavam... por que não? O fato era que, Gui já não tinha mais motivos para continuar a estudar em Hogwarts. Essa idéia já havia lhe passado pela cabeça antes mesmo de tudo aquilo acontecer. Já pensara em deixar a escola no dia em que fora atacado e passara uma experiência de quase - morte, mas os seus amigos e companheiros o apoiaram para que ele ficasse. Isso até eles estarem vivos. Agora, nada disso adiantava mais... era tempo de deixar tudo para trás, e quem sabe, começar uma vida nova.

    Preferiu deixar o castelo sem fazer muito alvoroço, e nem ao menos despediu - se das únicas pessoas que ele realmente tinha alguma consideração ali. Despedidas nunca fora o forte de Gui, e muito menos quando se tratava da sua despedida. No fim de tudo, era melhor que fosse assim. Sabia que não seria capaz de abandonar os seus amigos se imaginasse que estaria os vendo pela última vez... em todo o caso, ele foi covarde, e optou por não contar nada a ninguém sobre a sua partida. Poderia estar fazendo a coisa errada - e quem sabe arrependeria - se depois - mas não era hora para reflexões sobre as suas atitudes... ele tinha que ir...

    Sem dúvidas, a morte de Ary e logo depois a de David, foi o principal motivo para que o jovem garoto tomasse essa decisão sobre o seu futuro. Até por que, duas perdas em uma mesmo dia para alguém de apenas doze anos, é muito difícil de se superar. E, era por isso que ele estava indo... sem um destino, mas para bem longe dali. Quem sabe, quando tudo isso passar, ele possa voltar para Hogwarts por um tempo, relembrando os bons momentos que passara na escola. Quem sabe... Mas por enquanto, tudo isso será apenas uma mera lembrança saudosista.

    Já se aproximava da estação de Kings Cross, quando algo pareceu lhe abater. Repentinamente, os seus olhos foram desviados para o castelo que acabara de deixar, contemplando - o demoradamente por um tempo. Ficou ali, parado, sem saber o que fazer. Sentiria saudades daquele lugar, mas não era momento para desistir. Segurou o seu malão com um expressão decidida, e continuou o seu caminho à frente. De tempos em tempos, ele ainda lançava alguns olhares em direção às altas torres do castelo, tentando capturar o último resquício do lugar em sua memória; até que Hogwarts desapareceu de seu campo de vista e passou apenas a fazer parte de sua memória.


    " Adeus..."

Off ~ Dando um fim no Gui no seu estilo mais dramático, obg. uu'
~capota e desaparece
. Come into the light
Let me show you how we stay alive.


Imagem

*
Find more details and items in the profil of the user

Click the icon to see the image in fullscreen mode  
1 pcs.
Avatar do usuário
Gui M.
Conjurando o Patrono
Conjurando o Patrono
 
Mensagens: 880
Registrado em: 06/12/06, 13:39
Cash on hand: 277.00
Localização: Vahalla, oh oh oh!
Sexo: Masculino
Estado: MG
Casa: Sonserina

Re: Ruas de Hogsmeade

Mensagempor Nana » 23/12/08, 23:58

O ar frio da noite em Hogsmeade: era o que ela precisava pra deixar de lado devaneios sobre o contar ou não.

Os telhados da rua estavam banhados por mais uma noite só de estrelas, já que há dias, a lua se escondia, tornava Hogsmeade um lugar misterioso para se andar àquela hora da noite. Nana se perguntava como a noite havia caído tão rápido. A garota carregava sacolas com doces, que não estavam leves. Uma vez que o funcionário da Dedos de Mel havia lhe contado que seus primos saíram loucos atrás dela, Nana se sentiu culpada e resolveu comprar doces para os primos. Nana vestia suas vestes trouxas e olhava para o tenis surrado, sorrindo. Tivera uma ideia brilhante para o próximo teste, só precisava amadurecer a idéia com Sheu e João.

Será que eles já foram? Talvez não, estavam apaixonados com a vila... Devem estar passeando ou aprontando...

Então sua expressão de divertimento foi levemente dando lugar a um rosto preocupado e ela parou diante da rua deserta e fria de Hogsmeade. Mordeu o lábio. Tinha receio de que os dois se metessem em algo que não conheciam. Apesar de só conhecer o mundo bruxo há poucos anos, Nana conhecia aquela região muito bem, aproveitava todo tempo que podia para conhecer seu mundo. Mas os dois, ali, sozinhos, sem conhecer ninguém e sem conhecer os costumes e as lendas de Hogmeade... um líquido frio pareceu percorrer toda a sua espinha. Então Nana começou a olhar para os lados preocupada, olhando as janelas das casas e lojas de Hogwarts, em busca dos primos.
Imagem

Eu tenho Mal De Pattinson
Avatar do usuário
Nana
Conjurando o Patrono
Conjurando o Patrono
 
Mensagens: 863
Registrado em: 12/06/08, 22:33
Cash on hand: 526.00
Sexo: Feminino
Estado: MG

Re: Ruas de Hogsmeade

Mensagempor Nana » 29/01/09, 18:41

Vou matar minha sede antes de continuar. Não é possível que eles estejam em apuros, eu saberia. Acho.
Ela mordeu o lábio enquanto caminhava em direção ao Cabeça de Javali, mas antes que pudesse entrar, ouviu seu nome. Era Sheu.

Sheu quer me matar? Poxa que susto! Onde...

Mas ela não teve tempo de completar a frase, Sheu disparou a falar :

- Eu sinto muito! Você deve estar super zangada com a gente - desatou a falar sem pausas, enquanto segurava as duas mãos da prima - Não foi a intenção, juro! Você sumiu e a gente saiu procurando você. Aí entramos no bar e, bom, eu também estava com fome. Mas nós já estávamos saindo pra procurar você, juro! A gente vai te contar tudo o que a gente viu, é que, bom...às vezes é estranho demais pra gente, sabe? Tão estranho que não sabemos como explicar ou mesmo contar...Eu acho que precisamos da ajuda de alguém que saiba interpretar sonhos e visões...será que tem alguém aqui, algum professor? É Nana, a gente meio que teve uma visão, por isso o Jão usou um feitiço...pra proteger o nosso segredo, sabe? - suz voz de culpa era digna de pena - Não de você, entende? Por que nunca se sabe quem pode estar ouvindo... Você ainda está zangada, Nana? Mas afinal de contas, onde você estava? - seu tom agora era de quem reclamava e suas mãos estavam na cintura - A gente te procurou por aqui e não te achou! Você estava se escondendo de propósito? Não acredito, Nana! Como você fez pra sumir tão rápido daquele jeito deixando a gente aqui sem eira nem beira, sozinhos, no desconhecido...


Por Merlin!! Você ta parecendo uma maritaca descontrolada, olha as minhas sacolas espalhadas, aah não arrebentou a alça de uma: Reparo.
A garota arrumou o estrago num movimento de varinha.
Ta eu não to zangada, desculpa se não avisei vocês, mas eu já sei que vocês tem suas particularidades, e sabem que estou aqui, se precisarem.
Ela fez um carinho no braço da garota tagarela.
Não se preocupe, a gente conversa com um professor, ele é muito legal, e sabe ser discreto.
E olhando para os lados, Nana abaixou a voz e disse quase num sussurro:
Sheu achei! Achei a passagem! Vem eu te conto tudo no caminho, vai buscar o JM que eu vou compara um suco de abóbora, estou com sede. Ah e comprei algumas coisas pra vocês.
Ela agitava algumas sacolas.
A expressão no rosto das meninas mudara completamente: Nana sorria com a expectativa de compartilhar com os dois a descoberta que os faria viver aventuras planejadas desde que se juntaram, na verdade desde que Nana muito antes deles chegarem descobrir que havia passagens secretas, e descobri-las passou a ser um dos seus raros momentos de individualidade, mas até Sheu e JM aparecerem quando ela dividiu com eles várias coisas, dentre elas, a busca pelas passagens secretas.


Off: Vamos ao castelo. Sheu JM foi abduzido novamente, e dessa vez pra mais longe.
Tbm te Omo u.u
Imagem

Eu tenho Mal De Pattinson
Avatar do usuário
Nana
Conjurando o Patrono
Conjurando o Patrono
 
Mensagens: 863
Registrado em: 12/06/08, 22:33
Cash on hand: 526.00
Sexo: Feminino
Estado: MG

Re: Ruas de Hogsmeade

Mensagempor Sarah Burton » 31/08/10, 23:03

Sarah deixou o Salão Principal a caminho do dormitório da Lufa-Lufa para trocar de roupas. Vestiu seu jeans básico e uma camisa amarela com flores bordadas, com seu colete preto e seu tênis all star preto. Pegou algum dinheiro bruxo e esperou o pessoal no caminho. Estava muito animada e acabou chegando primeiro.

Assim que foram chegando, quando Sarah avistou, ainda nos terrenos de Hogwarts, as primeiras casinhas surgindo no horizonte, sentiu uma onda de energia elétrica percorrer pelo seu corpo. Sem perceber, começou a caminhar um pouco mais rápido do que os outros e parou bem na entrada da Vila. Virou-se para os que vinham atrás dela e sorriu, acenando para que viessem ao seu encontro.

Caminhou encantada pelas ruas de Hogsmeade, de onde podia ver a entrada para diversas lojas.
- Olha! O Três Vassouras, Cabeça de Javali, Café Madame Puddifoot, Correio, Zonko´s, Dedos de Mel...

A verdade é que não sabia para onde ir primeiro. O sol claro e o ambiente de neve era algo tão surreal, que somente a magia poderia explicar. Pôde ver um movimento do Três Vassouras e nas outras lojas. Seus olhos brilhavam com uma intensidade curiosa.

Daniel era o único ali que já conhecia o lugar e Sarah tinha a sorte de tê-lo como amigo. Antes que sequer pensasse no que estava fazendo, automaticamente pegou na mão dele e apontou para a Dedos de Mel.

- Podemos ir ali primeiro? Por favor? Eu preciso de um chocolate!

Sorriu para o amigo e tinha um olhar ansioso para que o garoto responderia.

off: eu ia arrastar, mas nao sabia se podia.
kim, to indo lah, se o Daniel topar ^_^
RPG: narração - fala - pensamento - outros - off


ImagemImagemImagemImagem
Imagem
█ ▌▐▌█▌▌▐▐▌▌███▐
status para ser diva : Autorizado.
Avatar do usuário
Sarah Burton
Com a Pedra Filosofal
Com a Pedra Filosofal
 
Mensagens: 98
Registrado em: 01/05/10, 17:36
Cash on hand: 455.00
Sexo: Feminino
Estado: SP
Casa: Lufa-lufa

Re: Ruas de Hogsmeade

Mensagempor Daniel Feather WP » 01/09/10, 17:06

Daniel deixou o salão e foi direto para a entrada, onde esperou pela chegada das colegas que haviam ido se arrumar. Ele resolveu ficar do jeito que estava (com o uniforme), pois no fundo não estava tão animado a ponto de ir trocar de roupa para o passeio em Hogsmeade. Sarah logo chegou, toda animada, e sem esperar muito foi dando uns passos a frente, se adiantando a Daniel. O garoto por sua vez ficou esperando pelas gêmeas, para acompanhá-las no caminho até o vilarejo (achou que seria mais adequado assim).

Ele sorriu ao ver Sarah, empolgada, já bem na frente, e assim que Sigrid e Lenna chegaram, eles seguiram o caminho até Hogsmeade, mas a passos bem mais lentos, o que talvez tivesse deixado Sarah um pouco angustiada. Quando eles finalmente a alcançaram e começaram a andar pelas ruas do vilajero bruxo, a menina exclamou, claramente encantada com tudo aquilo:

- Olha! O Três Vassouras, Cabeça de Javali, Café Madame Puddifoot, Correio, Zonko´s, Dedos de Mel...

Daniel riu divertido, chegando até a se esquecer dos problemas recentes. Não por muito tempo, claro, mas o pouco que foi já lhe deu algum "descanso". Ele continuou o sorriso e comentou:

- É sim, Sarah, e pelo visto aqui já está bastante movimentado.

Ele olhou para os lados, observando o movimento, e já percebendo vários colegas por ali. Era óbvio que ainda não estavam todos (ele ainda estava surpreso com a decisão do diretor de autorizar inclusive os primeiranistas e segundanistas a irem para Hogsmeade), mas em poucos minutos o vilarejo deveria ficar muito mais cheio. Não que ele se importasse com isso, mas talvez devessem aproveitar a chance de conhecer os lugares (no caso de Sarah, Lenna e Sigrid) com mais tranquilidade.

Sarah olhava para todos os lados, provavelmente pensando para onde queria ir, e Daniel pensou em sugerir algo. Mas antes disso a amiga rapidamente tomou sua mão e disse, sorrindo animada:

- Podemos ir ali primeiro? Por favor? Eu preciso de um chocolate!

Daniel corou um pouco, mesmo que sem saber direito por que, mas talvez com o fato de Sarah segurar sua mão (e dele ter se sentindo bem com isso). Ele a encarou com seus olhos azuis enquanto ela o olhava esperando ansiosamente pela resposta, e então ele sorriu, meio bobo, mas tentando disfarçar, e logo respondeu:

- Eu... é, bem, claro que podemos, Sarah! Isso se Sigrid e Lenna concordarem... e gostarem de doces!

Ele aumentou o sorriso, esperando que seu rosto corado não fosse notado (e que estivesse voltando logo a cor normal). Naquela empolgação toda, não iam demorar muito para esquecer esses detalhes. Assim ele esperava...



Off Hogsmeade!! \o/ :mrgreen: Sigrid e Lenna, eu postei direto aqui e "trouxe" voces junto, pq vcs coisaram que iam vir, tá? ^^ mas qualquer coisa me avisem! ^^
Spoiler
Imagem

Contagem inversa:
1

*Ainda não acabou...*

Imagem
Yes, we're twins u.u


Imagem

Imagem
Avatar do usuário
Daniel Feather WP
Com a Pedra Filosofal
Com a Pedra Filosofal
 
Mensagens: 120
Registrado em: 20/06/08, 15:53
Cash on hand: 260.00
Sexo: Masculino
Estado: PR
Casa: Grifinória

Re: Ruas de Hogsmeade

Mensagempor Perséfone » 02/09/10, 00:29

Depois de voltar das masmorras e colocado uma roupa que ela considerava mais confortável e um casaco de cor clara, Lenna acompanhou Sigrid, que havia pegado o dinheiro. Esperavam que aquelas moedas de ouro não houvessem sido demais - nenhuma estava acostumada a contar os galeões ingleses.

Sair das masmorras não fora tão difícil, uma vez que não havia escadas para se movimentarem e mudarem de curso. Mas quando chegaram aos jardins e viram a imensidão do terreno do castelo, ficaram sem saber aonde ir.

Depois de um bom tempo, avistaram um rosto conhecido. Lenna e Sigrid haviam demorado mais do que o necessário para encontrarem com Daniel nos jardins, mas, assim que chegaram, este ainda as esperava, mesmo que Sarah já estivesse caminhando apressadamente com uma animação que Lenna não possuía para ir ao tal vilarejo.

Não que desprezasse o lugar, mas o que um vilarejo tinha de tão interessante para o corpo de professores levar todos os alunos para lá? Esperava que não existisse apenas uma ou duas lojinhas sem graça e um pub.

Caminhavam mais atrás, até porque Sarah e Daniel pareciam ter bastante afinidade. Não queriam atrapalhar os dois e, além disso, queriam decorar o caminho. Ou o mais próximo disso que conseguissem, já uqe sua memória não era exatamente perfeita.

Antes que Lenna pudesse sequer admirar o lugar, Sarah apontava tudo, exclamando com grande entusiasmo todos os lugares que sua visão pudesse alcançar.

- Olha! O Três Vassouras, Cabeça de Javali, Café Madame Puddifoot, Correio, Zonko´s, Dedos de Mel...

Ela não conseguia ver o motivo de tanto entusiasmo. um pub no máximo simpático, o Três Vassouras. O tal Cabeça de Javali - meio impossível de não se notar - parecia reunir algum tipo de caçadores bruxos (de recompensas ou não). O tal do Café da Madame-alguma-coisa era fofo demais - talvez o ais adequado para um casal meloso. O correio era apenas... normal para um correio de corujas. A Zonko's não lhe chamava a atenção - já tinha tudo o que precisava para fazer qualquer tipo de brincadeira que quisesse (um cérebro e uma varinha).

E Sarah queria ir a Dedos de Mel. Daniel estava esperando apenas a aprovação das gêmeas.

Olhou ao redor e nada lhe pareceu melhor que chocolate. E Lenna nem gostava tanto assim de chocolate.

- Mas é claro! Vamos todos.

Respondeu com um entusiasmo falso demais até para ela.

Só esperou que isso pudesse mudar. Logo.

_______________________________________________________________________________
Off: qisso, Daniel. Foi melhor que o Renan expulsar a gente =X

Off 2: Dedos de Mel \O/
Editado pela última vez por Perséfone em 04/09/10, 01:30, em um total de 1 vez.
●˚◦ Chefe das Casas ◦˚●
Dúvidas, reclamações, chocolate, Beatles, MP-me
.


THIS IS WESTEROS
Imagem.Imagem.Imagem.Imagem.Imagem
Find more details and items in the profil of the user

Click the icon to see the image in fullscreen mode  
1 pcs.
Click the icon to see the image in fullscreen mode  
1 pcs.
Click the icon to see the image in fullscreen mode  
1 pcs.
Click the icon to see the image in fullscreen mode  
1 pcs.
Click the icon to see the image in fullscreen mode  
1 pcs.
Click the icon to see the image in fullscreen mode  
1 pcs.
Click the icon to see the image in fullscreen mode  
1 pcs.
Click the icon to see the image in fullscreen mode  
1 pcs.
Click the icon to see the image in fullscreen mode  
1 pcs.
Avatar do usuário
Perséfone
Chefe das Casas
Chefe das Casas
 
Mensagens: 1806
Registrado em: 13/02/10, 12:43
Cash on hand: 1,848.00
Localização: in the Iron Throne
Sexo: Feminino
Estado: RN
Casa: Sonserina

Re: Ruas de Hogsmeade

Mensagempor danona23 » 02/09/10, 01:40

Sigrid só conseguia ver aquele amontoado de alunos que se acotovelavam entre si para seguir para as lojas. Sentiu os pêlos por todo seu corpo eriçarem ao verificar aquela balburdia desordenada e caótica.

Como essas pessoas suportam essa confusão?”, perguntava-se mentalmente enquanto encarava todo aquele amontoado.

Sentia-se tão atordoada com todas aquelas pessoas, que apertou mais firmemente a mão de Lenna, temendo perde-la em meio aquele caos. Seus olhos estavam fixos na multidão e nem mesmo conseguiu ouvir o que falavam a sua volta.

Só prestou atenção quando a voz de sua irmã fez-se ouvir, alta e clara, ao seu lado.

- Mas é claro! Vamos todos.

Sigrid apenas virou o rosto o suficiente para observá-la de soslaio, mostrando um mínimo brilho incrédulo no olhar. Queria retornar a Hogwarts e a tranqüilidade de seus extensos corredores, não adentrar mais naquele pesadelo de gritos, risadas e conversas altas. Não, não... seu primeiro dia em Hogwarts não poderia ser tão aterrorizante daquela maneira!

Não conseguia pensar em nada para falar, além de suplicas em norueguês para Lenna, pedindo para irem embora. Por isso, preferiu permanecer em silêncio. Só desejava que aquilo não ficasse pior... mais do que já estava.


OFF: Pois é, Dan u.u~ se não era você nos arrastar, era o Renan a nos expulsar lol HUASHUASHAUSHASUHUHAS
Ah, nem liguem, mas é que ajuntou mais do que 10 pessoas, Sigrid já fica horrorizada (leia a história e você saberá porque lol)
Imagem

*~ "Desde tempos antigos, o dragão era a única besta que poderia se igualar com um tigre.

Agora eu me tornarei um dragão, para ficar ao seu lado." - Trecho retirado do anime Toradora. ~*

Propriedade e proprietária exclusiva de Perséfone Black.
Princesa Slytherin e a bebê piromaníaca da Aeres.
[/center]
Avatar do usuário
danona23
Conhecendo A Toca
Conhecendo A Toca
 
Mensagens: 308
Registrado em: 02/03/10, 15:32
Cash on hand: 2,775.00
Localização: Postando idiotice na Corvinal \o/
Sexo: Feminino
Estado: SP
Casa: Corvinal

Re: Ruas de Hogsmeade

Mensagempor Sarah Burton » 03/09/10, 19:28

Sarah estava tão empolgada com Hogsmeade que mal ouvia o que os outros estavam dizendo. Parecia quem um véu tivesse sido retirado de seus olhos e estivesse diante do que existia de mais fantástico em ser uma bruxa: compras em lojas de pura magia. Segurava a mão de Daniel e mantinha seu olhar intenso no garoto. Sua mente estava totalmente voltada para a curiosidade em vasculhar a dedos de mel, quando um clic pareceu acender algo em sua mente.

*Espera... espera um pouco...*

Então notou que o faroto estava corado e sua própria expressão mudou, sentindo sua mão começar a suar.

*Uou...*

Teve a intenção de retirar sua mão imediatamente, mas algo naqueles olhos a fez esquecer completamente da ideia inicial. Ele sorriu, de uma forma tão... como explicar? Algo naquele sorriso a fez sorrir que nem uma tapada derretida que tinha acabado de ver um filhote de hipogrifo nascer.

- Eu... é, bem, claro que podemos, Sarah! Isso se Sigrid e Lenna concordarem... e gostarem de doces!

*Ah...*

De repente sentiu o mundo real a puxar de volta, pelo umbigo. Estavam aquelas duas sempre ali? Estavam eles em Hogsmeade? Por Merlim, onde estava a sua cabeça? Sarah balançou a cabeça como se quisesse afastar tais pensamentos. Era ridículo ficar pensando essas coisas.

*Ah, agora eu entendi tudo. Merlim! Devo estar fazendo ele passar vergonha com esse meu jeito espalhafatoso. Eu sou mesmo uma trasga*

Sorriu para as outras meninas, sem graça, quando Sigrid (seria ela mesma?) se prontificou a segui-los.

- Mas é claro! Vamos todos.

- Que bom!

Sarah adiantou-se a todos, puxando Daniel pela mão e fazendo sinais para que as gêmeas os seguissem. Sentiu sua mão suar, mas devia ser coisa da animação, na certa. Sentia-se confortável com o garoto a tiracolo e ele parecia...

*Bom, somos amigos, eu acho. Não tem nada de mais em puxar um amigo pela mão. Eu sempre fiz isso com as meninas* pensou.

- Espero ter entendido bem esse lance de dinheiro bruxo. Não sei se peguei o suficiente - falou, enquanto caminhava em direção à loja.

Off: Dedos de Mel
Off2: vou viajar, gente. tentarei postar em algum pc.
RPG: narração - fala - pensamento - outros - off


ImagemImagemImagemImagem
Imagem
█ ▌▐▌█▌▌▐▐▌▌███▐
status para ser diva : Autorizado.
Avatar do usuário
Sarah Burton
Com a Pedra Filosofal
Com a Pedra Filosofal
 
Mensagens: 98
Registrado em: 01/05/10, 17:36
Cash on hand: 455.00
Sexo: Feminino
Estado: SP
Casa: Lufa-lufa

Re: Ruas de Hogsmeade

Mensagempor Regina McGonagall » 03/09/10, 21:58

O estalo causado pos sua aparatação no meio da rua nem foi percebido pelos transeuntes, na fria tarde de outono.

Claro, a maioria esmagadora em volta era de jovens e crianças, alguns com roupas de trouxas, alguns com vestes bruxas normais, alguns até com o uniforme de Hogwarts, talvez pegos de surpresa com a novidade do passeio ou sentindo no uniforme uma segurança que poderia muito bem ser vã...

A bruxa pensou nisso, em como se sentia outrora, como se a capa com o emblema de sua casa fosse barreira para qualquer malefício que resistisse a um simples "Protego"...

- Mas isso nem sempre foi verdade, pelo contrário... - ela murmurou para si mesma, pensando nos anos de sobressalto que a Escola atravessara e que pareciam estar retornando.

Observou atenta a grande massa de alunos, que nem reparavam na bruxa parada no meio da rua, a capa roxa sobre as vestes aciganadas, os cabelos negros escondidos sob o capuz, que só deixava ver parte do rosto de expressão preocupada e as pontas de um cachecol grifinório.

Os mais jovens, claro, buscavam logo a Dedosdemel ou a Zonko, enquanto alguns mais velhos iam ou para a casa de chá demasiadamente fofa, ou para a outra opção possível: O Três Vassouras.

Uma coisa já percebera: se os alunos estavam todos em Hogsmead, porque não vira nenhum professor acompanhando-os? Isso não era normal...
definitivamente, alguma coisa estava errada... e isso poderia significar perigo para os alunos.

A Ministra pensou se não deveria buscar o Cabeça de Javali atrás de alguma informação consistente, mas preferiu seguir a intuição... e aos alunos. Se queria saber o que acontecia em Hogwarts, era o lógico a fazer.
E nem precisaria usar seus "poderes", bastaria estar atenta ás conversas. Alguém daria alguma pista.
Se necessário, interpelaria algum deles, mas... qual?

Resoluta, foi de encontro ao grupo mais próximo.
Regina McGonagall
Ministra da Magia


Imagem
***
Clique aqui para me mandar uma coruja

RPG
Narração
Fala
Pensamento
Outros personagens


Imagem
Avatar do usuário
Regina McGonagall
Ministra da Magia
Ministra da Magia
 
Mensagens: 1025
Registrado em: 05/01/05, 15:56
Cash on hand: 9,786.00
Localização: Ministério da Magia, claro!
Sexo: Feminino
Estado: MG

Re: Ruas de Hogsmeade

Mensagempor Audrey Potter » 04/09/10, 22:23

A visita a Hogsmeade foi mesmo uma surpresa. Aquela tarde de outono fria pedia por vestes mais pesadas, com o emblema da escola.
Não que era a primeira vez que Audrey visitava Hogsmeade, mas agora era diferente ela já estava no 1º ano em Hogwarts. Antes não passava de uma visita sem ter compromissos, mas agora tudo mudou, Audrey jurou ao seus pais que ia fazer tudo diferente e ia honrar o nome da familia Pilrres.


Tudo vai ser diferente, não vou deixar que meu sonho acabe por nada.

As ruas estavam lotadas de estudantes de Hogwarts. Por enquanto não tinha visto alguem conhecido que pudesse fazer compania.
Ainda andando pelas ruas olhando as lojas que poderia entrar, viu uma mulher um tanto que suspeita, com capa roxa sobre as vestes, os cabelos negros escondidos sob o capuz, se aproximar de um grupo de alunos, e já que a curiosidade chama mais alto Audrey se aproximou disfarçadamente para ouvir o que mulher ia falar.



OFF: desculpa pra postar gnt :B
RPG
NarraçãoFalaPensamentosOutrosOFF


Audrey Jessy Pilrres
-------------------------------------------------------------------------------------
Caso da Hannah
Filhota da Cacáudia
Filhada da Bloc
Maninha do Rodrigues
Tia da Maay
Amorziin do Tom

Imagem
Antiga - ♥Lilian Potter♥
Avatar do usuário
Audrey Potter
Conhecendo A Toca
Conhecendo A Toca
 
Mensagens: 271
Registrado em: 22/04/08, 15:31
Cash on hand: 10.00
Localização: ♫..No Mundo Da Imaginação ..
Sexo: Feminino
Estado: RS
Casa: Lufa-lufa

Próximo

Voltar para Arquivo de RPs

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante

cron